Cerca de quatro milhões de trabalhadores com ensino superior não ocupam cargos de alta qualificação

Dados de uma consultoria mostram que a taxa de desemprego entre este público é de 6%

Foto: Amanda Perobelli/Reuters

Por Gustavo Medeiros

Levantamento feito pela consultoria iDados, com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) mostra que cerca de quatro milhões de brasileiros que concluíram a faculdade não encontram uma profissão que exija Ensino Superior completo.

Entre este público, a taxa de desemprego chega a 6%, o que mostra a dificuldade que mercado de trabalho tem para absorver essa mão de obra com trabalhos adequados a qualificação. O numero de trabalhadores com faculdade supera a quantidade de vagas disponíveis desde o primeiro trimestre de 2014.

Fonte – Metro 1 e G1

Jéssica Senra vai participar do rodízio de sábado do JN

Novidade entrará no ar a partir de janeiro

Foto-Divulgação

Por Gustavo Medeiros

Enfim uma presença baiana na bancada do principal jornal do horário nobre. A jornalista Jéssica Senta fará parte do rodízio fixo de plantonistas do Jornal Nacional durante os sábados.

Além de Jéssica, integração a equipe contará com os jornalistas Márcio Bonfim, que também cobrirá as férias de Tadeu Schimidt no Fantástico, e Aline Aguiar, que já participa do Bom Dia Brasil. A novidade vai entrar no ar a partir de janeiro.

A participação de Jéssica no JN em setembro ganhou uma grande repercussão entre os internautas mas redes sociais, o que lhe rendeu a vaga para apresentar o telejornal aos sábados. O seu desempenho na bancada chamou a atenção do colunista Chico Barney, que já apontava a apresentadora do Bahia Meio Dia para assumir uma grande atração da Globo.

Jéssica também faz sucesso nas redes sociais. Seus vídeos com opiniões fortes sobre temas como feminicidio e racismo ganharam a grande rede e se tornaram virais em pouco tempo.

Confira a primeira aparição de Jéssica Senra no Jornal Nacional.

Fonte – Metrô 1 e Correio da Bahia

ONU e OEA podem intervir na investigação das mortes em Paraisópolis

Entidades ligadas a causa de Direitos Humanos pedem auxilio aos órgãos internacionais para apurar casos de abuso policial na ação da PM

Nove jovens foram mortos na ação da Policia Militar em Paraisópolis. Imagem – Reprodução

Por Gustavo Medeiros

A ONU (Organização das Nações Unidas) e a OEA (Organização dos Estados Americanos) podem ser contactadas para apurar situações de abuso policial na ação que resultou na morte de nove jovens na comunidade de Paraisópolis, durante um baile funk na madrugada do último domingo (1º). O pedido será feito por entidades ligadas a luta por Direitos Humanos.

Alguns deputados na Assembleia Legislativa de São Paulo pedem esclarecimentos por parte do secretário de Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, e pelo comandante da PM, Marcelo Vieira Salles. O procurador-geral de justiça, Gianpaolo Smanio, designou uma promotora para acompanhar a investigação.

Para os representantes da Associação de Moradores de Paraisópolis, a situação é de descaso por parte dos governos estadual e municipal. “Se fosse em bairro rico, teriam vindo até vestido de bombeiro”, lamenta Gilson Rodrigues, um dos presidentes.

Afastado

Imagens feitas mostram a truculência dos policiais. Foto- Reprodução

O policial militar que aparece, em uma imagem, agredindo jovens com uma barra de ferro foi afastado das atividades de rua nesta terça-feira (03). Um inquérito de abuso de autoridades foi instaurado para investigar a conduta do agente. Outros seis estão afastados dos serviços operacionais.A PM afirma que as imagens, que foram divulgadas, são do dia 19 de outubro e não do último domingo.

Entretanto, um adolescente, que participou do baile funk, rebateu a corporação. Ao ver a gravação, o jovem confirmou que as imagens são do evento que aconteceu no último final de semana em Paraisópolis.

Fonte – Bahia.ba e Agora São Paulo

Governo cria PL que flexibiliza Lei de Cotas para profissionais com deficiência

Medida desobriga as empresas a contratarem pessoas com algum tipo de necessidade especial

Foto – Agência Brasil

Por Gustavo Medeiros

O governo federal encaminhou ao Congresso um projeto de lei que tem por finalidade flexibilizar a política de cotas para as Pessoas Com Deficiência (PCD) no mercado de trabalho. O texto permite que o empregador faça a substituição pelo pagamento de um valor correspondente a dois salários mínimos mensais.

O PL 6195/19 propõe a criação de um fundo gerenciado pelo próprio governo e aplicado no programa de reabilitação física e profissional. A criação desta política já estava prevista na MP 905, que criou o programa verde e amarelo de estímulo ao emprego.

Na Câmara dos Deputados, uma reunião foi marcada para esta terça (03) para tirar a urgência da pauta. Durante o dia, entidades em defesa das Pessoas Com Deficiência vão se mobilizar em todo o país para marcar protestos contra a medida do governo atual.

Segundo a vice-presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos (Ampid), Maria Aparecida Gurgel, o PL 6195/19 desconfigura toda a ação afirmativa que é a reserva de cargos.

Em nota, a própria Ampid diz que a medida viola a Convenção Internacional das Pessoas Com Deficiência, da qual o Brasil é signatário.

Saiba mais sobre a lei que está tramitando no Congresso

Fonte – Metro 1 e Revista Fórum

Café com pimenta

Por Juliana Barbosa

Arte: Clarissa Fersi

Em Janeiro de 2019, o governador de São Paulo, João Dória, afirmou que “a polícia vai atirar para matar”. Deixou claro qual seria a intenção das ações da PM.

1º de Dezembro. De acordo com a ouvidoria da PM, cerca de 5 mil pessoas estavam num baile funk, festa de rua comum na comunidade de Paraisópolis, em São Paulo.
PARAISÓPOLIS! Remete ao paraíso!
Mas, sabemos que a realidade está longe disso.
Uma ação da Polícia Militar – daquelas que o Dória se referia em Janeiro, no Baile da 17 (nome da rua)um dos mais conhecidos, terminou com nove pessoas mortas na madrugada deste domingo. De acordo com a PM, policiais da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) entraram na comunidade durante uma perseguição a homens armados fugindo com motocicletas. A versão oficial também diz que os suspeitos atiraram contra a polícia.

Um morador da comunidade que também estava no baile funk disse que “essa foi uma das piores” ações da PM na favela. Segundo ele, “a 17 é bem concentrada em uma rua encruzilhada, e eles [PMs] chegaram pelas quatro ruas, por isso não tinha para onde correr”.

O morador contou que tinha “viatura para todo canto”. Em outros bailes, a única opção usada pelos frequentadores de escapar das ações truculentas da PM, segundo o morador, “sempre foram as vielas, mas desta vez os policiais desceram e foram atrás”.

Conforme os primeiros registros sobre as mortes no 89º Distrito Policial (Portal do Morumbi), quando os PMs entraram na comunidade usaram “munições químicas” para dispersar o baile funk. Os frequentadores teriam atirado garrafas e latas nos PMs, o que teria iniciado a confusão.

Acompanhem a linha de raciocínio: Dois suspeitos se escondem entre 5 mil pessoas. Para encontrá-los, a polícia joga uma bomba de gás na multidão, tiro de borracha, cassetete e munições químicas, numa encruzilhada SEM SAÍDA. Pensa.

É um exemplo da necropolítica. Esta suposta guerra contra o tráfico é uma cortina de fumaça para matar a população PRETA e PERIFÉRICA.
O grande consumo de drogas está nos condomínios de luxo; os barões do pó estão espalhados pela elite. Aquelas pessoas que morreram PISOTEADAS? Eis os nomes:

Gustavo Xavier, 14
Marcos Paulo Oliveira, 16
Dennys Guilherme dos Santos, 16
Denys Quirino, 16
Luara de Oliveira, 18
Bruno Gabriel dos Santos, 22
Eduardo Silva, 21
Mateus dos Santos Costa, 23
Gabriel de Moraes, 20

E antes de se distrair com um babaca falando alguma bobagem sobre o rock, ou outro pateta desviando atenção para um ator de Hollywood, se liga!

O salário mínimo vai pra R$ 1031,00.
Correto? Vamos devagar, sou de humanas.
Se dividirmos isso por 30 (equivalente a 1 mês), da R$ 34,36 por dia. Ou seja: a diária de um trabalhador não vale 1kg de carne, nem um lanche no Mc Donald.
Gás de cozinha R$90,00
Carne o kg R$41,00
Dólar R$4,28
30 ovos R$12,00 – Atenção com os de R$10,00 alguns estão vindo podres.

Bate panela, dança coreografia com camisa da CBF e faz arminha, que o “perrengue” passa.

Fontes: El País: exame; Veja

Meninas do Bahia goleiam e conquistam Campeonato Baiano

Bahia vence o Juventude de Belo Campo por 5 a 1 na Arena Fonte Nova

Foto – ASCOM/E C Bahia

Por Gustavo Medeiros

A equipe de Futebol Feminino do Esporte Clube Bahia conquistou o Campeonato Baiano da categoria ao vencer o Juventude de Belo Campo por 5 a 1 na tarde deste sábado (30) , na Arena Fonte Nova, confirmando a vantagem conquistada na partida de ida, quando tricolor venceu o time do interior por 3 a 1.

Os gols que deram o título do Baianão para as “Meninas de Aço” foram anotados por Anny, Gadú, Fabi (2) e Helen. Após o título, o primeiro do clube na categoria, as atletas do técnico Igor Morena vão focar na preparação para o Campeonato Brasileiro A2, após se desfazer da parceria com o Lusaca, equipe da cidade de Dias D’Ávila.

A equipe campeã contou também com a artilheira do campeonato e com a goleira que tomou menos gols na competição.

Campeãs Invictas

A campanha do Bahia no Campeonato Baiano de Futebol Feminino foi perfeita. Após a eliminação no Campeonato Brasileiro A2 e fim da parceira com o Lusaca, as “Meninas de Aço” venceram todos os jogos que disputou. Foram nove vitórias em nove jogos com 44 gols feitos e apenas dois sofridos, uma marca impressionante para a equipe que foi recém montada.

Aqualtune – baiana lança livro em que narra trajetória da avó de Zumbi dos Palmares

Escrito por Sara Messias, Aqualtune: Um Sonho Chamado Liberdade foi lançado dia 21 de novembro, no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB).

Por Juliana Barbosa

A escritora baiana Sara Messias lançou dia 21 de novembro, no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), o livro intitulado “Aqualtune: Um sonho chamado liberdade”. A obra conta a história da Rainha do Congo, que no Brasil é conhecida por ter sido avó de Zumbi dos Palmares.
Fruto de um trabalho de identidade, pesquisa e paixão, “Aqualtune” pretende levar ao leitor relatos de aventuras de uma mulher que viveu no século XVII, considerada como uma personagem revolucionária, corajosa e destemida, mas que se viu obrigada a se casar com o próprio primo.

A equipe do MMQI conversou com Sara, mulher negra, baiana, nascida no bairro do Garcia, em Salvador,que traduz no romance o Holocausto africano, o maior crime perpetrado contra a humanidade, no livro lançado um dia antes do dia da consciência negra.

MMQI O que levou você a escrever Aqualtune, de onde veio a sua inspiração? O que te levou a mergulhar em tanta pesquisa?
S.M Eu moro há mais de uma década na Itália, onde nasceu minha filha. Ao vê-la crescer longe da realidade do meu país, senti uma forte necessidade de resgatar a memória do povo brasileiro, das nossas raízes entrelaçadas aos nossos antepassados negros, índios e europeus. Eu quis dar a ela heroínas, nas quais pudesse se inspirar e através das quais pudesse aprender sobre a nossa história. Comecei a escrever sobre Dandara, já que eu não sabia da existência de Aqualtune. Foi estudando Dandara que eu descobri outras personagens fundamentais para a História do Brasil e tive a intuição de criar a Saga Afro-brasileira Quilombola, para dar voz a essas mulheres que foram silenciadas pela história oficial. E não teve jeito. Assim que li sobre Aqualtune me apaixonei pela sua história de vida e toda a sua trajetória de luta pela liberdade.

MMQI No Livro fica claro as influências que Zumbi herdou da avó das estratégias de guerra? Você propõe esse resgate da heroína mãe de Ganga Zumba?
S.M Sim, até porque Zumbi torna ao Quilombo dos Palmares com dezesseis anos. A influência de Aqualtune na sua vida foi fundamental, para que ele se tornasse o herói que conhecemos hoje. A minha proposta é fazer o leitor reviver a história de Aqualtune. O resgate histórico desta heroína mãe de Ganga Zumba é de grande importância, não só para o povo brasileiro, mas para a história universal. A vida de Aqualtune é um exemplo sobre o Holocausto Africano, o criminoso comércio de vidas humanas que deixou cicatrizes terríveis em nosso povo.

MMQI O lançamento de Aqualtune – Um sonho chamado liberdade, foi 21 novembro, um dia após um dia da Consciência Negra. Como foi este momento?
S.M Nossa! Foi maravilhoso, inesquecível e surpreendente. Descrever este momento é como viver novamente: a emoção e paixão por essa heroína, Aqualtune. Ela me dá tanta energia e aumenta o meu desejo de mostrar todas as heroínas que ela originou. Agora, é hora de fortalecer a história dela, divulgar o livro para que mais pessoas conheçam a trajetória dessa mulher incrível. Enquanto isso, preparo o caminho para os outros livros da saga.

Entidades denunciam Bolsonaro por incitação a ataques aos indigenas

Denuncia foi feita por dois órgãos de direitos humanos ao Tribunal Penal Internacional

Foto- Reprodução/Internet

Por Gustavo Medeiros

O atual presidente da república foi denunciado no Tribunal Penal Internacional (TPI) em Haia, na Holanda. A denuncia foi feita pelo Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos (CADHu) e Comissão Arns, formada por personalidades de diversos setores da sociedade.

Na peça, os grupos acusam o atual chefe do executivo de “incitar o genocídio e promover ataques sistemáticos contra indígenas” por meio de medidas e declarações dadas em meios públicos. A representação já foi levada à corte de Haia, que poderá julgar a hipótese de abrir uma investigação.

Em nota, as duas entidades destacaram que “chefes de Estado e de governo têm, perante o direito internacional, o dever de coibir crimes e proteger as populações vulneráveis.”. Além dos ataques aos povos indígenas, os grupos alegam que Jair Bolsonaro se omitiu diante dos recentes crimes ambientais na Amazônia, que foram responsáveis pela primeira crise diplomática do atual governo.

O CADHu e a Comissão Arns também explicaram que denuncias desse tipo não possuem validade, ou seja, não prescrevem.

Fonte – Bahia.ba e UOL

Estudante da UFRB é morta a tiros na cidade de Cachoeira; ex- namorado é o suspeito

Elitânia de Souza da Hora tinha 25 anos e cursava o 7º semestre do curso de Serviço Social. Em nota, a UFRB informou que decretou luto oficial de três dias pela morte da estudante.

Reprodução: Facebook

Por Juliana Barbosa

Elitânia de Souza da Hora, 25 anos, foi assassinada às 22h50 desta quarta-feira (27) na cidade de Cachoeira, no Recôncavo da Bahia, a 120km de Salvador. A jovem era estudante do 7º semestre do curso de Serviço Social da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e foi morta a tiros, segundo informações preliminares da Polícia Civil, pelo ex- namorado,na rua Currais Velhos, que fica perto da Faculdade. O motivo seria a não aceitação do término do namoro. Ele está foragido desde a morte da jovem.

Arte: Georlando Neto

Em nota, a UFRB informou que decretou luto oficial de três dias pela morte da estudante e lamentou ‘as terríveis circunstâncias do crime’ e pede Justiça.

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Reitoria e da direção do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento da estudante Elitânia de Souza da Hora, do sétimo semestre do curso de Serviço Social, na noite desta quarta-feira, dia 27 de novembro.

As terríveis circunstâncias do crime contra Elitânia causam tristeza e indignação de toda a comunidade acadêmica. A UFRB deposita sua confiança nas autoridades para que a justiça seja feita.

O Vice-Reitor, no exercício da Reitoria, declara luto oficial de três dias na UFRB e a suspensão das aulas no Centro de Artes, Humanidades e Letras na data de hoje.

A Universidade está em contato com a família para prestar a devida assistência.

Ao registrarmos nossas condolências, manifestamos apoio e solidariedade aos amigos e familiares e a toda comunidade acadêmica.

Cruz das Almas, 28 de novembro de 2019.

José Pereira Mascarenhas Bisneto
Vice-Reitor no exercício da Reitoria

Fontes: Correio, Folha de São Paulo

CODESAL registrou 365 ocorrências por conta das chuvas

Cabula e Tancredo Neves são os bairros com maior numero de ocorrências

Foto – Bahia.ba

Por Gustavo Medeiros

A CODESAL já registrou 365 ocorrências entre a meia-noite até às 18h50 em toda a cidade, devido as fortes chuvas que caíram durante toda a terça-feira (26). Entre os registros estão 115 deslizamentos de terra, 123 imóveis alagados, 30 ameaças de deslizamento,31 ameaças de desabamento, 16 desabamentos de muro e 16 desabamentos parciais.

Entre as regiões maior numero de ocorrências registradas estão cabula e Tancredo Neves com 85 casos. A Defesa Civil informa que para casos de ameaças ou emergências o telefone é o 199. O órgão vai permanecer 24 horas de plantão.

Fonte- Bahia.ba

Frente Fria -Salvador recebeu 160 mm de chuvas durante o dia

Capital baiana recebeu 73% a mais do que foi previsto para o mês

Chuvas causaram transtornos durante todo o dia.Foto – Reprodução

Por Gustavo Medeiros

Em entrevista para a Metrópole FM, a meteorologista Cláudia Valéria explicou um pouco mais sobre a frente fria que vem castigando Salvador desde a última segunda-feira (25). Ela declarou que o volume de chuva, durante esta terça-feira (26), foi próximo de 160 mm, cerca de 73% a mais para o mês inteiro.

A metereologista salientou que a cidade foi alertada pelas fortes chuvas. A previsão é que continue chovendo no início da noite e amanhã pela manhã.

A frente fria veio da Região Sudeste e também causou estragos em Vitória, onde choveu 452 mm na última semana, de acordo com dados do Climatempo.

Fonte – Metro1 e Correio da Bahia

Cidades da Região Metropolitana também foram atingidas pelas fortes chuvas

Camaçari,Lauro de Freitas e Vera Cruz apresentam transtornos com o mau tempo

Chuvas atingiram o Centro de Lauro de Freitas. Foto – Dayse Macedo

Por Gustavo Medeiros

Além de Salvador, as fortes chuvas também atingiram as cidades da Região Metropolitana durante esta terça-feira (26). Em Camaçari, ruas e localidades ficaram alagadas. De acordo com a Defesa Civil do município, várias ocorrências já foram registradas desde a madrugada.

Em Lauro de Freitas, a chuva atingiu o centro da cidade, causando alagamentos nas principais vias. O Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, que fica no limite com Salvador, opera apenas por instrumentos. Alguns vôos foram cancelados.

Na cidade de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, a orla foi invadida pela água. Moradores estão isolados na localidade da Gameleira.

Segundo o Climatempo, a frente fria,que chegou em Salvador e Região Metropolitana na última segunda-feira (25), deve ficar até quinta-feira (28).

Fonte – Bahia Notícias e Brasil Urgente Nordeste

Salvador embaixo d’água. Chuva causa transtornos na capital baiana

Pontos importantes de Salvador, como a Avenida ACM, ficaram completamente alagados. Foto-Reprodução

Por Gustavo Medeiros

Salvador amanheceu debaixo de muito chuva nesta terça-feira (26). Desde a última segunda (25) que a capital baiana sofre com o mau tempo,transformando a primavera em inverno.

As fortes chuvas tem causado transtornos em vários pontos da cidade. Nas vias mais importantes, o que se vê são carros parados e pistas alagadas. Pela manhã, a Codesal (Defesa Civil) emitiu uma nota da continuidade do tempo, com riscos de deslizamentos de terra e alagamentos. Com isso, houve mudança no nível do alerta máximo.

Até às 10:30 da manhã, o orgão registrou mais de 105 casos, sendo 40 alagamentos de imóveis e 11 ameaças de deslizamentos por meio do número 199. A sirene já foi acionada nas áreas de maior risco como a Baixa do Cacau, Baixa da Santa Rita, Calabetão, entre outras.

Até mesmo o metrô sofreu com o impacto do temporal que castiga a cidade. A linha foi interrompida no trecho que liga as estações Acesso Norte, DETRAN e Rodoviária, afetando todo o sistema. A água invadiu a porta do elevador na Estação Campo da Pólvora e provocou rachaduras em uma área próxima da passarela que dá acesso à Estação Imbuí.

Transtornos

Por conta do acúmulo de água, o trânsito ficou lento em avenidas como a Cardeal da Silva, Heitor Dias e Antônio Carlos Magalhães. Na Avenida Centenário, no trecho entre o Shopping da Bahia e o Instituto Médico Legal, os carros pararam na via quando atravessavam as poças d’água no sentido Centro.

Na região do Dique do Tororó, na altura da Arena Fonte Nova, houve pequenos deslizamentos de terra. Por conta disso, o trânsito está complicado neste trecho.

Limite

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), Salvador registrou cerca de 65 mm de chuva entre a meia noite e as nove da manhã, ou seja um volume de chuvas maior do que o esperado para o mês de novembro.

Fonte – Correio da Bahia e Metro 1

Na raça e de virada é mais gostoso. Flamengo conquista o bi da Libertadores

Segundo título veio após 38 anos em cima do River Plate

Foto Reuters

Por Gustavo Medeiros

Após 38 anos, finalmente a nação rubro negra pode soltar o grito de campeão da América. O bicampeonato do Mengão veio na tarde deste sábado (23) contra o River Plate (ARG) em uma final única e inédita, que foi disputada no Estadio Monumental em Lima. O gol do título veio no final do jogo.

O Flamengo começou o jogo perdendo,tomando o gol de Boré logo no início. Mas o “Mister” Jorge de Jesus colocou o time para cima na metade da segunda etapa da partida e com dois gols de Gabriel garantiu o segundo título continental.

Sem jogar direito e enfrentando a forte marcação do time argentino, o Flamengo só foi superior no final 2° tempo,quando Bruno Henrique achou Gabigol livre. O artilheiro do jogo voltou a marcar após falha de Pinola e garantiu o taça para o Rubro Negro carioca.

Além da Libertadores, o Flamengo teve também o craque da competição, o atacante Bruno Henrique.

Luto na Tevê Brasileira. Morre Gugu Liberato

Apresentador estava internado nos Estados Unidos

Imagem- Juliana Barbosa

Por Gustavo Medeiros

Com informações da assessoria, morre ,aos 60 anos de idade, o apresentador Gugu Liberato. Ele estava internado desde a última quarta-feira (20) em um hospital da Flórida em decorrência de um acidente doméstico, quando caiu de uma altura de quatro metros e bateu a cabeça. A morte encefálica foi confirmada pelo neurocirurgião Guilherme Lepski.

O apresentador deixa a mulher Rose di Matteo e os filhos João Augusto (18) e as gêmeas Marina e Sofia (15). Em nota, a família relatou sobre o desejo do apresentador em doar os órgãos.

Confira, na integra, a nota da família:

Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos.

Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro.

Ele sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local.

Na admissão deu entrada em escala de *Glasgow de 3 e os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral. A morte encefálica foi confirmada pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Ainda não temos detalhes sobre o traslado para o Brasil. Informações sobre velório e sepultamento serão passadas assim que tudo estiver definido.

Ele deixa três filhos, João Augusto de 18 anos e as gêmeas Marina e Sophia de 15 anos.

Atendendo a uma vontade dele, a família autorizou a doação de todos os órgãos.

Gugu sempre refletiu sobre os verdadeiros valores da vida e o quão frágil ela se revela. Sua partida nos deixa sem chão, mas reforça nossa certeza de que ele viveu plenamente. Fica a saudade, ficam as lembranças – que são muitas – e a certeza que Deus recebe agora um filho querido, e o céu ganha uma estrela que emana luz e paz.

Familiares e funcionários

São Paulo, 22 de novembro de 2019″.

Michael Aboya Fotógrafo de Gana é autor da melhor foto do ano

O nigeriano recebeu um dos maiores prêmios da fotografia mundial, com a foto ‘Songs of Freedom’(Canções de Liberdade, em português), inspirado em Bob Marley, em evento que aconteceu em 6 de outubro na cidade de Barcelona, Espanha.

Por Juliana Barbosa

Aboya tem 24 anos. Nigeriano, vive em Gana há 9 anos. Fez cursos de programação, mas sempre foi apaixonado pela fotografia. Há 4 anos, juntou dinheiro e começou a fotografar, e isso virou sua grande paixão. Depois de muito trabalho, ele ganhou um dos maiores prêmios possíveis em sua área profissional.

“Eu acredito que quando negros e indígenas contam suas próprias histórias, elas conseguem apresentar o seu país e seu continente de maneira nova para o mundo, mostrando o amor, a paz e a harmonia, e mostrando o lado positivo um pouquinho mais à mostra, deixando a negatividade pra trás. Eu criei essa imagem para enfatizar o fato de que nós temos o poder de nos libertar de qualquer tipo de prisão mental, física, espiritual ou emocional”, afirmou Aboya ao Bored Panda.

Confira fotos de Michael Aboya:

A foto que rendeu o prêmio a Aboya mostra três crianças ganesas, em Accra, capital do país africano, de punho erguido, enquanto uma delas toca um violino. A imagem é forte e inspiradora

Michael Aboya é um dos principais fotógrafos africanos. Autodidata, ele tem como foco o seu próprio povo e as imagens do lugar onde vive. O título da foto, ‘Songs of Freedom‘, é inspirado na canção ‘Redemption Song’, do cantor jamaicano Bob Marley. As crianças retratadas na imagem são filhos de pescadores do bairro de Labadi, parte costeira de Accra.

Fonte: Hypness

Assassino de Moa do Katendê é condenado a 22 anos de prisão

Paulo Sérgio Ferreira de Santana vai cumprir pena em regime fechado

Foto: Marina Silva/Arquivo CORREIO

Por Gustavo Medeiros

Autor confesso do assassino de Moa do Katendê, o barbeiro Paulo Sérgio Ferreira de Santana foi condenado a 22 anos de prisão em regime fechado. O julgamento aconteceu no Fórum Ruy Barbosa durante esta quinta-feira (21).

Após o resultado do primeiro turno das eleições no ano passado, o mestre de capoeira foi morto a facadas por Paulo Sérgio,depois de uma discussão em um bar no Dique do Tororó.

Pelo assassinato, o barbeiro pegou 17 anos e cinco meses por homicídio duplamente qualificado,além de mais quatro anos por tentativa de homicídio ao primo do capoeirista, Germino do Amor Divino.A defesa de Paulo Sérgio disse que vão recorrer da decisão.

O júri aceitou a tese da acusação de que houve um homicídio. De acordo com a promotoria,boa parte dos ferimentos foram encontrados no pescoço e no tórax de Moa.

Fonte – Correio da Bahia

Marca de móveis tira a palavra ‘criado-mudo’ do catálogo

O termo, que é considerado racista, deve ser substituído por ‘Mesa da Cabeceira’.

Por Juliana Barbosa

Arte: Georlando Barbosa Neto

Certas expressões populares se tornam de tal forma parte de nosso vocabulário e repertório que é como se sempre tivessem existido. Dor de cotovelo, chorar as pitangas, dar com os burros n’água, engolir um sapo ou salvo pelo gongo, tudo é dito como se fosse a coisa mais natural e normal do mundo.

Mas se mesmo as palavras mais corriqueiras possuem uma história e sua própria árvore etimológica, naturalmente que toda e qualquer expressão popular, das mais sábias e profundas às mais bestas e sem sentido, possuem uma origem, ora curiosa e interessante, ora sombria e simbólica de um passado sinistro.

Pois muitas das expressões que usamos no dia a dia, e que hoje comunicam somente seu sentido funcional – aquilo que atualmente a frase “quer dizer” – são originarias de um vergonhoso e longo período da história do Brasil: a escravidão.

Ainda que os sentidos originais tenham se diluído em algo trivial, essa origem permanece, como em toda palavra ou frase comum, feito um DNA marcando nossa própria história.

O Brasil foi o país que mais recebeu escravos no mundo, e o último país independente do continente americano a abolir a escravidão. Conhecer o sentido original e a história de uma expressão é saber, afinal, o que é que estamos falando.

Em 1820, os escravos que faziam os serviços domésticos eram chamados de criados. Alguns desses homens e mulheres passavam dia e noite imóveis ao lado da cama com um copo d’água, roupas ou o que mais fosse. Mesmo sem se mexer, alguns senhores achavam incômodo o fato de eles falarem, e muitos chegavam a perder a língua. Outros sofreram duras punições para “aprender” a nunca se movimentar quando houvesse alguém dormindo.

Um dia, surgiu a ideia de uma pequena mesa para ficar ao lado da cama, usada basicamente para apoiar objetos. Esse móvel exercia a mesma função do escravo doméstico e foi chamado de criado. Então, para não confundir os dois, passaram a chamar o móvel de criado-mudo.

Dois séculos depois, sem nos dar conta, ainda carregamos termos racistas como esse, mas sabemos que é sempre tempo de mudar e evoluir.

Por isso, a rede de móveis Etna está começando a abolir o nome “criado-mudo” de todas as suas lojas, virtual e físicas.

Usando a #CriadoMudoNuncaMais, a rede convida o público a participar da campanha e abolir o termo do vocabulário.

Ah, e como podemos chamá-lo daqui pra frente? 
Bem, ele já tem um sinônimo: mesa de cabeceira.

Fontes: Etna, Ceert.Org, FKsa

Gugu Liberato sofre acidente em casa e é internado em estado greve nos EUA

As primeiras informações indicam que o apresentador do ‘Canta Comigo’ deve ficar sob observação durante 48 horas

Por Juliana Barbosa

O apresentador Gugu Liberato, de 60 anos, sofreu um acidente em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos, e está internado em observação, por 48 horas. De acordo com a emissora onde o apresentador trabalha, assessoria de impressa do hospital, onde Gugu precisou ser levado as pressas, divulgou uma nota que diz: “informamos que nesta quarta-feira, 20, o apresentador Gugu Liberato sofreu um acidente em sua casa em Orlando e encontra-se internado em observação por 48 horas”.

Segundo o colunista social Amaury Jr., Gugu caiu de uma altura de quatro metros, do telhado de sua casa, e bateu com a cabeça na quina de um móvel.

Fontes afirmam que o estado dele é grave e que a família já está a caminho de Orlando. A mãe do apresentador, Maria do Céu Moraes Liberato, de 92 anos, embarcou às pressas para a cidade americana na tarde desta quinta-feira após a confirmação do acidente, de acordo com as mesmas fontes. Até o momento, nenhum boletim médico foi divulgado.

Atualmente, Gugu apresenta na Record, às quartas-feiras, o reality show Canta Comigo, que terá a sua final no dia 4 de dezembro. O programa já está inteiramente gravado. O apresentador é casado com a médica Rose Miriam e pai de João Augusto, de 18 anos, e das gêmeas Sofia e Marina, de 15.

O jornalista Reinaldo Azevedo, se retratou após ter lamentado ao vivo,durante a apresentação do programa “ O É da Coisa”, da BandNews FM, a morte do apresentador Gugu Liberato.

Uma nota foi divulgada durante o Jornal da Record sobre o estado de saúde do apresentador

Fontes: El País, R7, G1, BandNewsFM

LEI 7.437/85: A lei que criminaliza o preconceito

Por Dani Isoàlà

No dia de 17 de novembro de 2019, veio a óbito Carlos Alberto Caó de Oliveira, o jornalista e advogado que oficializou a lei de crime relacionada ao racismo, com contravenção penal de até 3 anos.
Esta lei abrange de forma maior a lei de 1951, pois criminaliza o preconceito de raça, de cor, de sexo ou de estado civil não só em questões jurídicas, mas em todos os setores da sociedade e em qualquer situação. Seja no trabalho, seja em um setor público, seja no dia a dia.
Esta lei fortalece os movimentos negros, os militantes, que munidos dos seus direitos podem cobrar de forma intensa uma ação legal e penativa com as ações irregular de “autoridades” policiais e de outros setores. Não devemos esquecer que o 20 de novembro também serve para lembrar os nossos direitos, que não podemos ser tratados como se a nossa cultura negra, africana, indígena, fosse algo errado, ilegal.
Uma outra lei que citarei aqui, é a Lei 7.716, que criminaliza o preconceito religioso com ação penativa de até 3 anos. Para nós, povo de santo, essa lei que garante o respeito sobre a nossa opção religiosa, sobre a nossa opção de fé e que isso deve ser respeitado.
Agora, fazemos uma reflexão. Se a cultura negra como hip hop, a dança de rua, a capoeira, o candomblé… será que se fosse uma cultura europeia, as pessoas teriam tanta negação diante disso? É preciso ter a consciência de que a maior parte da população não reconhece a ancestralidade e descendência africana e indígena em seus gens. Mas as lei servem para isso, Caó não deixou que isso fosse jogado de lado no momento em que eternizou o racismo como crime.
A luta e a militância é eterna.

20 DE NOVEMBRO: A Morte de Zumbi dos Palmares

Por Dani Isoàlà

Hoje, para todos os homens e mulheres pretas, descendentes, militantes e do asè, é uma data que não pode ser esquecida. O dia em que é comemorado a Consciência Negra foi, exatamente, o dia em que o Quilombo dos Palmares foi invadido e Zumbi assassinado pelas tropas portuguesas, no ano de 1695.

A data foi criada por um grupo de quilombolas do Rio Grande do Sul, no ano de 1970, como data do Mártire do maior quilombo de negros fugidos, alforriados e indígenas da história do Brasil que teve a sua localização delatada para o poder senhorial da época, sofrendo uma emboscada que culminou com a morte brutal de Zumbi.

A data de 20 de novembro, remete a nós muito mais do que isso se formos parar e analisar. Esta data serve para lembrar de forma mais intensa a luta diária das pessoas de pele mais retinta e seus descendentes, que buscam diariamente o reconhecimento de si como ser humano e seu devido respeito pela parte do outro.

A discriminação, hoje, é algo sutil. Infelizmente, as pessoas ainda mantém de uma forma um pouco mais discreta, porém não imperceptível, a discriminação com tudo que vem do negro africano, principalmente a parte religiosa. Olha os costumes africanos como algo inferior, pequeno, sem cultura, mas, se olharmos direito, de onde vem a nossa cultura.

Mais de 50% de nossos costumes e tradições são de origem africana e indígena. A forma brasileira de dançar, recepcionar, festejar, as viscitudes das falácias, a força da nossa fé. Nada disso é europeu. Errado é levar adiante a ideia de que negro africano era ou é preguiçoso, como já foi dito pelas autoridades atuais, não, não se engane.

O povo africano tem no seu costumes o trabalho árduo, levantar cedo para realizar suas atividades, dormir tarde realizando as suas atividades profissionais, é assim há séculos. A oralidade é algo que também herdamos de lá, o hábito de contar histórias, falar sobre nossas antepassados, sobre aqueles que já se foram e sentimos saudades. 

Esta data serve para fazer com que as pessoas entendam que há muito mais africano dentro de nós do que imaginamos. Não é a cor da pele que irá dizer a sua descendência, é a sua história, de onde vem seus avós, seus bisavós, quem foram eles.

Outra coisa que o 20 de novembro remete é: somos brasileiros, nascemos em um país que já possuía dados populacionais no século XVIII, e estes dados nos mostram que 70% da população era composta por negros e criollos (filhos de africanos nascidos no Brasil). Então, finalizo este texto com esta pergunta: De onde você descende?

Até Quando??? Futebol sofre com atos racistas das torcidas

Preconceito toma conta das arquibancadas nos estádios e escreve mais um capitulo lamentável no esporte mais popular do mundo

Foto- Hugo Gloss (Reprodução)

Por Gustavo Medeiros

Esporte acolhido pelas classes populares ao longo dos tempos, o futebol presenciou, nos últimos dias, grandes manifestações racistas nas arquibancadas dos estádios europeus e brasileiros. Isso é o reflexo do contexto que está determinando a realidade de nações e sociedades, que estão influenciadas por uma onda conservadora.

Os fatos que aconteceram recentemente se somam a tantos outros que ocorreram de fora para dentro das quatro linhas, cenas que devem marca carreiras e desestabilizar atletas, que saíram dos subúrbios e comunidades para brilhar nos gramados. São negros, pobres,em sua grande maioria, que se sentiram feridos em suas origens e em suas identidades.

Na Europa, que vê com perplexidade e medo o ressurgimento de uma extrema-direita xenófoba, etnocêntrica e racista, casos de descriminação racial vem tomando conta das arquibancadas com gritos, insultos e gestos que, tem por finalidade, desestabilizar emocionalmente o jogador adversário, de preferencia negros. Com isso, o futebol fica em segundo plano, dando lugar a cenas lamentáveis que vem de fora dos gramados.

Taison e Dentinho – Preconceito das arquibancadas para os gramados

Nos gramados europeus, jogadores mais experientes como Mario Balotelli, Lukaku e Daniel Alves já sofreram com a ira daqueles que se dizem “torcedores”. Recentemente, na Ucrânia, os brasileiros Dentinho e Tayson, que jogam pelo Shaktar Donetsky, foram hostilizados por adeptos do rival Dinamo Kiev, em partida valida pelo campeonato local.

Reprodução – Instagram

Ao tocarem na bola, os atletas receberam ofensas dos torcedores visitantes, que imitavam sons de macacos. Irritado, o jogador Taison fez gestos obscenos para a torcida rival em resposta aos insultos. Com isso, o juiz teve que paralisar a partida. Neste momento,os dois brasileiros foram amparados pelos companheiros de equipe e os atletas do Dinamo foram em direção à arquibancada para pedir que os torcedores parassem com as ofensas.

Após o recomeço da partida, o atacante do Shaktar foi expulso pelo ato obsceno.

Inglaterra x Bulgária – 6 a 0, atos nazi-fascistas e demissão

Pelas eliminatórias da Eurocopa no dia 14 de outubro, a Inglaterra venceu fácil a Bulgária por 6 a 0. Entretanto, para além do placar dilatado, o que marcou, de forma negativa, a partida foram os cânticos racistas entoados pelos torcedores búlgaros durante todo o primeiro tempo. Além disso, os adeptos fizeram uma saudação nazista. As vitimas eram os jogadores negros do “English Team”.

Com o protocolo adotado pela UEFA contra este tipo de ação, o jogo teve que ser interrompido por duas vezes, em uma delas os torcedores foram avisados pelo sistema de som do estádio. Foi o tempo o necessário para as manifestações cessarem. Após o termino da ´partida, o então presidente da federação búlgara de futebol, Borislav Mihailov, pediu demissão. Seis torcedores foram detidos, entre eles um jovem de 18 anos.

Foto- Getty Imagens

Este não foi o primeiro ato de preconceito protagonizado por torcedores na Bulgária. Antes do ocorrido com os jogadores ingleses, partidas contra as seleções do Kosovo e da republica Tcheca foram marcados pelos mesmos atos, o que levou a entidade máxima do futebol na Europa a tomar medidas como o fechamento parcial do Estádio Nacional Vasil Levski em jogos oficiais.

Racismo na Segundona da Holanda

Foto- Sky Sports

No último domingo (17), a partida entre Den Bosch e Excelsior, valido pela Segunda Divisão da Holanda, foi paralisada por cerca de dez minutos. O motivo eram atos racistas proferidos ao jogador Ahmad Mendes após um lance de falta. O ato aconteceu aos 28 minutos do 1º tempo.

Revoltado, o atleta holandês, de ascendência guineense, comunicou ao árbitro, que decidiu paralisar a partida. No retorno, Ahmad fez o segundo gol do Excelsior. O jogo entre as duas equipes terminou empate por 3 a 3. De acordo com a imprensa local, um dos xingamentos proferidos para Ahmad fazia alusão a Zwarte Piet, o ajudante de Sinterklaas ( O Papai Noel holandês).

Atletas como o atacante Menphis Depay lamentaram o ocorrido e repudiaram as manifestações dos torcedores do Den Bosch. Em nota postada nas redes sociais, o clube disse que está investigando o caso, juntamente com a federação holandesa.

Clássico Mineiro e insultos racistas

A confusão se deu fora do gramado, mais precisamente no estádio Mineirão dia 10 de novembro na partida entre Cruzeiro e Atlético Mineiro, valida pelo Campeonato Brasileiro. O fato ocorreu quando os seguranças impediram um grupo de torcedores atleticanos a utilização da passagem pelo corrimão. Os mais exaltados começaram a agredir o funcionário Fábio Coutinho.

Imagens das câmeras de monitoramento e segurança flagraram o momento em que Fábio foi agredido verbalmente por Adrierre Cerqueira da Silva, que estava acompanhado pelo irmão Natan. Este, por sua vez, chamou o segurança de “macaco”.

Em depoimento na delegacia, os irmãos pediram desculpas pelo ocorrido. Por meio de uma postagem nas redes sociais, o Atlético – MG decidiu excluir os acusados do programa de sócio-torcedor.

Medidas Duras

Em outubro passado, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, defendeu uma proibição mundial de acesso aos estádios para os torcedores racistas. A declaração foi dada em uma coletiva de imprensa em Daca, capital do Bangladesh, três dias após aos incidentes ocorridos na partida entre Inglaterra e Bulgária.

Para Infantino, agora ficou mais fácil identificar os autores destes atos graças as câmeras nos estádios. O presidente intensificou a defesa de medidas mais duras para os racistas.

“É preciso pegá-los, expulsá-los dos estádios, não deixá-los entrar mais e abrir processos judiciais contra eles”,

Gianni Infantino

Apesar das declarações incisivas do presidente da entidade máxima do futebol, as punições ainda são muito brandas, por parte das federações continentais e dos países, o que facilita a reincidência de outros casos. Enquanto isso, jogadores como o francês Pogba, o holandês Wijnaldum e o inglês Sterling levantam a voz contra os atos racistas e se mantem como vozes ativas e resistentes.

Fonte – Esporte Interativo, Globoesporte,com, Revista Veja, Chuteira F,C e Goal.com

Morre Carlos Alberto Caó, autor da lei que tornou racismo crime inafiançável

Ex-deputado baiano, Caó tinha 76 anos e vivia no Rio

Caó durante uma homenagem em 2013 EDUARDO NADDAR / AGÊNCIA O GLOBO ARQUIVO

Por Juliana Barbosa

O jornalista, advogado e militante do movimento negro Carlos Alberto Caó de Oliveira morreu neste domingo, aos 76 anos. O ativista foi o autor da Lei 7.437/1985, que mudou o texto da Lei Afonso Arinos, de 1951, tornando contravenção penal o preconceito de raça, cor, sexo e estado civil. Como homenagem, o texto ficou conhecido como Lei Caó

Como deputado constituinte, ele também foi responsável pela inclusão na Constituição Federal de 1988 do inciso ao artigo 5º que tornou racismo crime inafiançável e imprescritível. Depois, ainda foi autor da Lei 7.716/89, que regulamentou o texto constitucional determinando prisão para o crime de preconceito e discriminação racial no país.

Biografia
Carlos Alberto Caó Oliveira dos Santos – assim registrado no início da década de 80, por razões de identificação política, em substituição ao nome de batismo, Carlos Alberto Oliveira dos Santos – nasceu em Salvador no dia 24 de novembro de 1941. Era filho de Temístocles Oliveira dos Santos e de Martinha Oliveira dos Santos.

Sua trajetória política foi iniciada aos 15 anos, quando virou secretário da Associação de Moradores do bairro da Federação, cargo que exerceu de 1956 a 1959. Atuando também no movimento estudantil, de 1958 a 1959 foi vice-presidente do Centro Acadêmico Rui Barbosa, do Colégio Estadual da Bahia. Em 1960, ingressou na Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (FDUfba) e, em 1962, foi eleito vice-presidente de intercâmbio internacional da União Nacional dos Estudantes (UNE).

Perseguido durante o regime militar, refugiou-se no Rio de Janeiro, onde passou a exercer a profissão de jornalista. Foi redator e editor político no jornal Luta Democrática até 1966 e trabalhou na Tribuna da Imprensa até 1968.

A partir deste ano, ainda no Rio, trabalhou em O Jornal e na TV Tupi, também como redator e editor político. Foi um dos fundadores e primeiro secretário-geral do Clube dos Repórteres Políticos, entidade criada para enfrentar a censura imposta pela ditadura militar.

Em 1970, foi submetido a julgamento na 6ª Região Militar, em Salvador, sendo condenado a dois anos de prisão. Permaneceu preso na cidade por seis meses, tendo sido libertado por decisão do Superior Tribunal Militar (STM), que considerou a pena prescrita.

Trabalhou ainda no Jornal do Brasil e, em 1974, na revista Veja. Envolvido com a atividade sindical, em julho de 1978 elegeu-se presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio, sendo reeleito em 1981, ano em que, a convite de Leonel Brizola, filiou-se ao Partido Democrático Trabalhista (PDT). 

Nas eleições de 1982 obteve a segunda suplência do PDT na Câmara dos Deputados e assumiu o mandato em 1983, licenciando-se, no mesmo mês, para exercer o cargo de secretário de Trabalho e Habitação do primeiro governo Brizola no Rio de Janeiro (1983-1987). À frente da pasta, foi responsável pela implementação do programa Cada família, um lote — uma política habitacional alternativa à do Banco Nacional de Habitação (BNH) e dirigida às classes menos favorecidas — e pela instalação de um plano inclinado em favelas cariocas. Permaneceu no cargo até 1986, quando foi novamente suplente na eleição para deputado federal constituinte. Ainda em 1986, passou a integrar o diretório nacional do PDT.

Retornou à Câmara em janeiro de 1987, antes do início dos trabalhos da Assembleia Nacional Constituinte, em virtude da morte do deputado Giulio Caruso. Empossado como constituinte em 1988, foi um dos poucos parlamentares negros a participar da elaboração da nova Constituição, consagrando-se pela aprovação da emenda Caó, posteriormente regulamentada pela Lei Caó, que tornou a prática do racismo crime sujeito à prisão. Além desta, conseguiu incorporar cerca de 60 emendas à nova Carta Magna. 

Em 1994, Caó candidatou-se ao Senado. Mesmo com 700 mil votos, foi derrotado. Em 1998 e 2002, voltou a se candidatar à Câmara dos Deputados, mas novamente sem sucesso. Viúvo, ele tinha dois filhos. Com informações da Fundação Getúlio Vargas.

Fontes: O Globo; Correio

Baiana System leva Grammy Latino

Banda liderada por Russo Passapusso ganhou na categoria album de música alternativa em Língua Portuguesa

Por Gustavo Medeiros

Representando a Bahia no Grammy Latino, o grupo Baiana System ganhou na categoria de rock ou música alternativa em língua portuguesa com o álbum “O Futuro Não Demora”. A premiação aconteceu em Las Vegas (EUA), na noite desta quinta-feira (14).

Além do Baiana System, a cantora Pitty também concorria na mesma categoria com o álbum “Matriz”,bem como Liniker e os Caramelos com “Goela Abaixo” entre outros.

No Grammy Latino, o Brasil foi representado por artistas como Gilberto Gil, Anitta, Paula Fernandes, Anavitoria Nego do Borel, que concorriam em várias categorias.

Fonte – Metro 1

Representando 26% da produção nacional e 15% do lucro da Vedacit, sede de Salvador recebe investimento de 2,5 milhões

Com sede em Porto Seco Pirajá, a Vedacit em Salvador deve atingir esse ano o lucro de R$ 500 milhões. 

Por Juliana Barbosa

Foto: Juci Ribeiro

Durante a tarde desta quarta-feira (12), no Fera Palace Hotel, A vedacit realizou um encontro de relacionamento para a imprensa baiana e destacou a relevância que a cidade tem para a marca. O Ceo da empresa, Marcos Bicudo, falou sobre a importância da unidade do Nordeste, presente na capital baiana há 40 anos. Segundo o presidente, com a recessão e a Lava Jato, o mercado da construção formal teve uma queda acentuada.

Foto: Alexandre Battibugl

“A empresa Vedacit por ser pioneira e líder desse mercado, e estar inserida nesse seguimento da construção civil, que tem sofrido tanto na recessão desde 2012, é um mercado que já caiu 30%, que chegou a representar 12% do PIB em 2013, e no ano passado, 2018, representou 3,8% do PIB total. A nossa interpretação é que esse segmento precisa de inovação, transformação(…)

Nós estamos investimos na sustentabilidade sobre esse aspecto (habitacional), como um driver, um direcionador, para inovação, para novos modelos de negócio, por exemplo, para habitação de baixa renda, para você transformar esse estoque de habitação insalubre em uma habitação saudável(…)

Nós queremos nos preparar para a retomada da construção formal que já está na iminência de ocorrer”,

.

Marcos Bicudo

Segundo o gerente executivo industrial, Klaus de Carli, a planta de Salvador faz produtos para o Brasil interior e transfere a produção para o sudeste, de onde é distribuído. A produção da capital baiana representa 26% em volume. Considerada uma unidade importante para a organização, a sede da capital baiana recebeu um investimento de R$ 2,5 milhões dos R$ 9 milhões investidos na expansão dos negócios neste ano.

Bruno Pacheco, gerente excecutivo de marketing destacou novidades como estratégia, a empresa traz a Vedacit Labs, que é uma plataforma para atrair empreendedores que tenham ideias que possam ajudar no processo de transformação. Além de repaginar as plataformas sociais,a renovação do site, um chatbot, o Théo, para facilitar a comunicação com os clientes e o aprimoramento do SAC.

Foto: Divulgação

Durante o evento, a primeira brasileira a ganhar o maior prêmio para jovens da ONU e idealizadora do Aqualuz, Ana Luisa Bessera, destacou a parceria com o instituto Vedacit

O apoio do instituto Vedacit foi desde o início deste ano, a gente fez um projeto piloto com eles, eles foram nossos primeiros clientes, eles ajudaram a gente a finalmente implantar uma quantidade maior em instrutura de projeto social, que é esse modelo que a gente trabalha hoje com outra empresas.O instituto Vedacit deu esse ponta pé inicial, quem deu esse primeiro suporte pra gente.. Eles fizeram esse investimento para beneficiar dez famílias, em Feira de Santana, distrito de Matinha, uma comunidade quilombola(…) A proposta que a gente tem é de agora, cada vez mais, melhorar a tecnologia, tornar mais eficiente, reduzir o custo, e estrutura em forma de projeto social para que a gente não só beneficie a família com o Aqualuz, mas, em toda a questão da capacitação, colocar na cultura deles da importância de ter água potável, da higienização, de fazer todas as etapas, do processo completo, tanto do processo da cisterna quanto do uso do Aqualuz, até consumir. .

Após as apresentações, foi servido um coquetel a imprensa no rooftop lounge do hotel.

Foto: Juci Ribeiro

O Poder Simbólico de um Lula Livre

Mesmo preso, petista mobilizou massas e se mostrou um fenómeno político mundial

Foto – Rodolfo Buhrer/Reuters

Por Gustavo Medeiros

Depois de 580 dias preso em uma sala especial no prédio da Superintendência da Policia Federal (PF) em Curitiba, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva foi solto no final da tarde da última sexta-feira (08). E foi recebido nos braços da militância, que montou um acampamento na frente do local onde Lula esteve preso por incansáveis 20 meses.

O petista foi beneficiado por uma decisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que, por seis votos a cinco, derrubaram a medida da prisão em segunda instancia, beneficiando também outros 4900 presos, salvo exceções extremas como o ex-deputado Eduardo Cunha (MDB) e o ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral (MDB).

Na saída da PF, Lula foi direto a um palanque montado. Assistido por uma platéia de seguidores, que estavam acampados no local, o ex-presidente discursou e não poupou críticas ao Ministério Público, à Rede Globo e ao atual presidente, que recomendou aos ministros não comentar sobre a decisão do STF. Era o velho Lula de sempre, que também apresentou a sua “nova companheira” Janja à plateia atônita e apreensiva

Os efeitos da decisão proferida pelo Supremo, que beneficiou Lula, foi repercutido pela imprensa em várias partes do mundo e nas redes sociais, com grandes apoios solidários dados por famosos e autoridades de outras partes do mundo.

O Fenómeno

Foto Ricardo Stuckert

Ao chegar em São Bernardo neste sábado (09), Lula foi recebido por uma grande multidão que tomava as dependências do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC em São Bernardo do Campo (SP). Estava ansioso para falar com o povo, discursar para os seus seguidores e quando o fez, não poupou palavras para direcionar suas críticas a Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, Bolsonaro e aos veículos da grande mídia como a Rede Globo de Televisão.

Depois de muito tempo preso e recebendo o carinho de quem estava mobilizado em Curitiba, Lula matou as saudades de quem nunca o abandonou nestes mais de 500 dias e conclamou as pessoas para lutarem lembrando dos protestos no Chile e na Bolívia,bem como da eleição de Alberto Fernandez na Argentina, a quem retribuiu o apoio.

Café com pimenta

O Poder Constitucional de um Lula Livre

Foto – Gibran Mendes / CUT Paraná

Por Juliana Barbosa

Não é só por Lula.
É por Rafael Braga. É por Rennan da Penha.
É por quase 5 mil pessoas que, até outubro desse ano, foram presas depois da condenação em segunda instância.

Na ultima quinta-feira (07) o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 6 votos a 5, que a prisão após condenação em segunda instância, antes do trânsito em julgado, contraria a Constituição e o Código de Processo Penal e, portanto, não pode ser mais aplicada, como vinha sendo desde 2016, quando a mesma Corte adotou entendimento diferente – para atender aos interessantes políticos eleitorais

Ou seja, O STF apenas cumpriu o que está contido na constituição, sem malabarismo, sem golpe.Vale ressaltar que, crimes inafiançáveis e crimes contra a vida não entram nessa decisão. Então, nada de vociferar que assassinos e estupradores serão soltos.

O Artigo 283 do Código de Processo Penal é claro: “Ninguém poderá ser preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente, em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado ou, no curso da investigação ou do processo, em virtude de prisão temporária ou prisão preventiva.”

A soltura nessa processo no qual Lula foi condenado foi/é necessária, urgente e justa – Já que o ex presidente nem deveria ter sido preso, ainda mais da forma como este processo foi conduzido.

Mas, a hipocrisia grita:
Flávio Bolsonaro entrou com recurso no STF, e paralisou quase 1.000 investigações de políticos corruptos com base nos relatórios do COAF.

A diferença é muito clara: enquanto o STF tomou uma decisão política para prender Lula e, ainda que tarde, “reparou” o erro;
No caso do Flávio Bolsonaro, houve interferência em benefício próprio.
Mas, é muito fácil reclamar da soltura dos 5000 presos. Afinal de contas, se informar corretamente não é conveniente para alguns.

Lula é livre; o choro também!

Incêndio volta a atingir Rio de Contas

Fogo atingiu nascentes e propriedades rurais próximas ao Pico das Almas e ao Morro do Junco

Foto- Erica Medeiros

Por Gustavo Medeiros

A população de Rio de Contas, na Chapada Diamantina, voltou a presenciar focos de incêndio durante a última quarta-feira (30). O fogo foi visto no Morro do Junco e no Pico das Almas, próximo a nascente de rios, sítios e outras propriedades.

Autoridades locais, brigadistas e voluntários trabalham de forma exaustiva para debelar as chamas. Equipes de Vitória da Conquista e Lençóis já estão atuando no local das queimadas.Moradores da região registaram fotos e vídeos do incêndio, que pode ser visto em vários pontos da cidade.

Desde a manhã desta quinta-feira (31), aviões sobrevoam a área auxiliando as equipes que atuam para conter as chamas. Até o presente momento, a equipe do MMQI ainda não obteve informações atualizadas sobre as queimadas no município.

Há duas semanas, outro incêndio atingiu áreas próximas aos municípios de Rio de Contas e Livramento de Nossa Senhora, se alastrando na mesma região atingida atualmente, entre as comunidades de Mato Grosso e Arapiranga.

Rede pernambucana inaugura filial do restaurante na Bahia

.Coquetel de abertura do Camarada Camarão aconteceu para convidados

Divulgação

Por Juliana Barbosa

Foi aberto ao público nesta quarta-feira (30), a primeira unidade do restaurante Camarada Camarão.na Bahia. A rede pernambucana de restaurantes especializada em frutos do mar, recebeu convidados nesta terça-feira (29) , na Alameda Gourmet que fica localizada no térreo do Salvador Shopping.

Já conhecida em várias capitais do Brasil, a franquia de Salvador possui 800m² e capacidade para atender até 250 pessoas simultaneamente, gerando cerca de 100 empregos diretos. Foram investidos na unidade R$ 4,5 milhões. Atualmente, o Camarada Camarão conta com sete restaurantes – sendo três no Recife (PE), dois no Rio de Janeiro (RJ), um em Aracaju (SE) e outro em Fortaleza (CE). Além do projeto no Salvador Shopping, em breve a rede vai inaugurar uma casa em João Pessoa (PB).

Segundo o empresário Sylvio Drummond, diretor do Grupo Drumattos, a Bahia entrou como uma das primeiras opções na rota da expansão da rede por diversos motivos. Entre os principais, o fato da capital baiana ser uma das mais agitadas e ao mesmo tempo uma das cidades mais acolhedores do Brasil – características que a fazem ser procurada por turistas brasileiros e estrangeiros durante todo o ano.

A gente se preocupa bastante com o atendimento, a equipe está há 3 meses em processo de treinamento em Recife e Aracaju, nossa matriz fica em Recife, nós temos 3 unidades lá, então nós já temos experiência suficiente para saber que o atendimento é importante.”

Sylvio Drummond

A designer gráfico Clarissa Fersi (na foto, à direita na mesa), compareceu ao evento que descreveu como “uma experiência gastronômica” .

Atendimento Camarada

A experiência bem sucedida com a rede Camarão & Ciacuja primeira loja foi inaugurada em 1999 no Shopping Recife e conta hoje com mais de 50 unidades espalhadas pelo país, fez com que o empresário Sylvio Drummond investisse ainda mais no setor de gastronomia. De lá pra cá, novas marcas foram se incorporando ao Grupo Drumattos. Assim, em 2005 surgia o primeiro Camarada Camarão, rede de restaurantes de grande porte com ambiente refinado e vasto menu de frutos do mar com preços extremamente competitivos.

Nosso plano de expansão para os próximos quatro anos são mais 20 operações, hoje são 8, devemos fechar 2023, 2024 com 28 operações no Brasil. O próximo passo em 2020 é São Paulo. Já fechamos em Campinas, no interior, depois montar mais 3, em São paulo. Então em 2020 vão ser 5 operações, 4 em São Paulo e uma em Brasília.

Sylvio Drummond

O cardápio com diversas opções, estrelado pelo crustáceo que dá nome a rede, é todo assinado pelo consultor gastronômico da casa, o chef francês François Schmitt

Durante a inauguração o pastel de camarão encantou os convidados.

Outro fato que chama a atenção é a beleza e a sofisticação da decoração, e a arquitetura com madeira e cobre.

Divulgação

Luto na TV. O Brasil se despede de Jorge Fernando

Ator e diretor de 64 anos sofreu um aneurisma causado pelo rompimento da artéria aorta

Foto- Instagram (Reprodução)

Por Gustavo Medeiros

No último domingo (27), o Brasil se despediu de Jorge Fernando. O ator e diretor de novelas, entre outras grandes produções, tinha 64 anos e sofreu um aneurisma, decorrente do rompimento da artéria aorta. Ele estava internado no Hospital CopaStar.

O enterro está marcado para esta terça-feira (29), no Cemitério do Caju. Neste momento, o corpo, que será cremado, está sendo velado em cerimônia aberta ao público.

Desde 2017 Jorge Fernando enfrentava complicações pelas sequelas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).No inicio deste ano, o diretor retornou na novela “Verão 90”, após ficar dois anos afastado da TV para iniciar tratamento.

Nas redes sociais, atores e outras personalidades prestaram as últimas homenagens a este que foi, sem duvida, um dos grandes diretores da televisão brasileira.

A alegria e a diversão era uma constante na carreira de Jorge Fernando, que estreou como ator em 1978 na serie “Ciranda Cirandinha” na Rede Globo. Três anos depois, Jorginho, como era conhecido entre os artistas, dirigia sua primeira novela, ” Jogo da Vida”. Entre as grandes produções, ele dirigiu as novelas “Guerra dos Sexos”, “Que Rei Sou Eu?”,”Vamp” e “Ti Ti Ti”.

No cinema, dirigiu os filmes “Sexo,Amor e Traição”, “Xuxa Gêmeas” e “A Guerra dos Rocha”.

Fonte- G1 e O Globo

Chapada Diamantina – Fogo atinge área entre Rio de Contas e Livramento de Nossa Senhora

Há focos de incêndio em outras cidades da região

Foto: Corpo de Bombeiros Militar da Bahia

Por Gustavo Medeiros

Desde o último sábado (19), um incêndio atinge uma área de vegetação entre os municípios de Rio de Contas e Livramento de Nossa Senhora. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, cerca de 19 brigadistas especializados em incêndios florestais, com auxilio de voluntários, atuam na região.

Em Livramento, o incêndio atingiu uma área próxima a cachoeira do Rio Brumado, conhecida como Véu de Noiva. Segundo informações, o local é de difícil acesso e os bombeiros realizaram escaladas para conter o fogo.

Já em Rio de Contas foram detectados grandes focos em áreas isoladas, atingindo a Área de Proteção Ambiental (APA) da Serra do Barbado, que também ocupa o espaço de outros cinco municípios na parte sul da Chapada. Aeronaves tem sido usadas pelos bombeiros para debelar o fogo. Em terra, foram utilizados carros entre outros instrumentos como enxadas, foices e facões.

A rádio comunitária Nova Rio de Contas FM postou, em sua pagina no Instagram, na noite da última segunda-feira (21) imagens do foco de incêndio entre as comunidades de Mato Grosso e Arapiranga. O vídeo foi cedido pelo Grupamento Aéreo da Policia Militar.

Em postagem nas redes sociais, a prefeitura, com base em informações do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) lembra que o município ainda apresenta alto risco de incêndio para os próximos dias e alerta para não fazer queimadas em terrenos,matas,florestas e outros locais.

Além das duas cidades vizinhas que formam o Circuito do Ouro, há pontos de incêndio entre as cidades de Iraquara,Palmeiras e Lençóis, em uma região conhecida como Serra da Cravada.

Fonte G1 Bahia, Estado de São Paulo e Bahia Noticias

Praias do Rio Vermelho, Ondina e Barra foram atingidas por mancha de óleo

Locais afetados pela poluição chegou ao total de 12

Foto – Divulgação

Por Gustavo Medeiros

As manchas de óleo já atingiram as praias do Rio Vermelho, Ondina e Farol da Barra na manhã desta quinta-feira (17). Cerca de 12 praias já foram afetadas pelo material, que tomou conta do litoral nordestino desde o mês de agosto.

Até a última quarta-feira (16), já foram retirados 22 toneladas e 660 quilos do resíduo nas praias da Pituba,Jardim dos Namorados, Jardim de Alah, Boca do Rio, Stella Maris,Praia do Flamengo,Ipitanga, Piatã, Itapuã, Placaford e Buracão (Rio Vermelho).

As equipes de limpeza da LIMPURB continuam em regime de prontidão, monitorando e retirando o material que chega na faixa de areia da orla.

As sete praias que já foram atingidas pela mancha e estavam limpas há mais de 24 horas pelas equipes de limpeza e voluntários, foram afetadas novamente. O estado é o terceiro a registrar reincidência da poluição.

Fonte – Metro 1 e Bahia.ba

INEP disponibiliza cartões informativos do ENEM

Provas serão realizadas nos dias 03 e 10 de novembro em todo o país

Imagem – Agência Brasil

Por Gustavo Medeiros

O INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) disponibilizou, desde a manhã da última quarta-feira (16/10) os cartões informativos com o horário e local onde os candidatos farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que vão acontecer em todo o país durante os dias 03 e 10 de novembro.

Para ter acesso ao documento, o inscrito precisa digitar o CPF e a senha cadastrada no ato da inscrição. Quem perdeu a senha, o INEP disponibiliza um vídeo-tutorial, orientando como recuperar. O cartão pode ser consultado na Página do Participante pela internet ou pelo aplicativo do ENEM, disponível nas principais plataformas de downloads.

O INEP também recomenda que o participante imprima o cartão de confirmação e, para aqueles que precisam, levar o cartão de comparecimento para a aplicação das provas.

Além das informações do horário e local, o cartão informa sobre o número da sala, a opção de língua estrangeira e o tipo de atendimento específico e especializado com recursos de acessibilidade para Pessoas Com Deficiência (PCD).

Fonte – Bahia Notícias e Bahia.ba

Associação responsável por greve da PM corre risco de ser extinta

Ministério Público deflagrou operação de busca e apreensão na entidade

Foto- Metro 1

O procurador de Justiça, Geder Gomes, declarou para a imprensa, durante entrevista concedida na última quarta-feira (16) que a ASPRA corre risco de extinção, caso haja a comprovação de desvio de finalidade. A declaração foi dada depois da operação deflagrada pelo Ministério Público (MP-BA) na sede da entidade,responsável pela greve da PM.

A interdição, segundo o procurador, é por tempo indeterminado e os seus integrantes estão proibidos de praticar atos em nome da associação, sob pena de cometer crime de desobediência e outras condutas consideradas ilegais previstas em lei.

No entanto, não foi detalhada ainda quais serão os desvios de finalidade que serão apurados pelo MP, que,provavelmente, buscará a responsabilização dos culpados pelas ilegalidades, caso seja confirmada.

Uso de benefícios

Na operação, deflagrada pelo Ministério Público (em parceria com a Secretária de Segurança Pública – SSP), foram encontrados tickets de combustíveis e chips de uso da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). Segundo informações, policiais civis encontraram também um veiculo, que pertence a ALBA, com dinheiro em espécie.

O secretário Mauricio Barbosa declarou que ainda não é possível apontar qualquer irregularidade e que o fato deve ser apurado pela assembleia.

Fonte- Metro 1 e Bahia.ba

ASPRA na mira da justiça. MP interdita sedes de entidade responsável pela Greve da PM no estado

Operação aconteceu na manhã desta quarta (16), na capital e nas cidades do interior

Foto – SSP- BA

Por Gustavo Medeiros

Na manhã desta quarta-feira (16), o Ministério Público da Bahia (MP-BA), juntamente com as polícias Civil e Militar, deflagrou uma operação de busca e operação nas sedes da ASPRA (Associação dos Policiais e seus Familiares) na capital e no interior do estado.

A decisão atende ao pedido do MP, que alega incitação de greves e atentados, por parte da entidade, desrespeitando o artigo 142 da Constituição Federal. Os atos, supostamente praticados por policiais ligados a ASPRA, envolvem atentados a ônibus, agencias bancarias e outros estabelecimentos, desde a última semana, quando foi decretado o estado de greve pelo líder da associação, o deputado estadual Marco Prisco (PSC) .

A operação, que contou com a participação de 20 promotores, conduziu à Corregedoria cerca de 17 policiais militares e nove pessoas comuns, que foram ouvidos e liberados, posteriormente. Durante a ação, os agentes da PM e da Civil encontraram R$ 5 mil em espécie, além de 13 pistolas,computadores e documentos. Também foi determinado o bloqueio de contas e o fechamento da entidade, com anuência da Justiça.

Além de Salvador, a operação contra a ASPRA aconteceu em Alagoinhas, Barreiras, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Santa Maria da Vitória, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

Em coletiva com a imprensa, o secretário de segurança pública, Mauricio Barbosa, afirmou que há indícios de envolvimento dos policiais nos atentados após o anuncio da greve.”Temos indícios de participação de pessoas ligadas à ASPRA, seja pela sua filiação ou na própria defesa, como no caso do policial que foi baleado por agentes da Operação Gêmeos em Itacaranha.”, comentou.

Barbosa ainda assegurou que a SSP-BA tem trabalhado para identificar os envolvidos e encaminhar os relatórios sobre os casos ao Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

Atentado

O secretário ainda lembrou que a Policia Civil está investigando o suposto caso de atentado sofrido pelo deputado Marco Prisco na noite da última terça-feira (15). Ele estava na companhia de dois policiais no momento do ocorrido. O fato foi divulgado pelas redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas.

Fonte – Metro 1, Bahia.ba e Bahia Noticias

Golpe do WhatsApp clonado faz 23 novas vítimas todos os dias no Brasil

Somente no primeiro semestre de 2019, foram registradas mais de 134 mil tentativas de roubo de WhatsApp

Por Juliana Barbosa

ASCOM/PCRO/imagem: Alex Ribeiro

Apesar de não ser inédito , o crime de clonagem de WhatsApp já atingiu 8,5 milhões de brasileiros, segundo pesquisa realizada pela PSafe, desenvolvedora de aplicativos de segurança. O golpe ganhou destaque este ano no Brasil devido aos inúmeros relatos de usuários que foram vítimas de cibercriminosos. Somente no primeiro semestre de 2019, foram registradas mais de 134 mil tentativas de roubo de WhatsApp. O levantamento mostra que, a cada dia, 23 pessoas são vítimas dessa modalidade de golpe em todo o país. Vazamento de conversas privadas, envio de links maliciosos para outros contatos e solicitações de dinheiro aos amigos estão entre os principais prejuízos trazidos pela clonagem do mensageiro.

Principais prejuízos

Ao ter livre acesso ao WhatsApp de um usuário, o hacker pode usar o conteúdo das mensagens para fazer chantagens com a vítima em troca de dinheiro. Segundo a pesquisa, 26,7% dos entrevistados apontaram o vazamento de conversas privadas como o principal prejuízo da clonagem de WhatsApp.

É comum também que o invasor se passe pela vítima para aplicar golpes em seus amigos e familiares. Ainda de acordo com o levantamento, o envio de links com golpes para outros contatos responde por 26,6% dos danos, seguido de solicitações de dinheiro aos amigos (18,2%), perda da conta do WhatsApp (18,0%) e chantagem (10,5%).

A enfermeira Jamille Almeida, de 33 anos, foi uma das vítimas. Apesar do susto e do desgaste emocional, amigos e familiares foram avisados a tempo do golpe, e não foram extorquidos.

MMQIComo você percebeu que havia caído num golpe?

Jamille Quando eu ativei o link enviado ao meu celular . imediatamente meu Whatsapp sumiu da tela..


MMQI Quando clonaram seu Whatsapp, houve prejuízo, conseguiram extorquir e/ou chantagear amigos e familiares se passando por você?

Jamille Graças a Deus, não.. Não conseguiram extorquir nada.. Meus amigos perceberam que não era meu jeito de falar.. Logo que divulguei no Instagram e a minha família avisou pelo Whatsapp o que havia acontecido .. Os mais próximos já tinham conhecimento do ocorrido e não caíram…


MMQI Qual foi a sua reação?

Jamille Fiquei indignada.. De imediato fui pesquisar sobre clonagem do aplicativo.. Quando vi a divulgação desse golpe que estava sendo aplicado e as condutas que deveria seguir


MMQI Conseguiu denunciar o golpe? Houve alguma dificuldade para fazer a denúncia?

Jamille Sim.. Fui a delegacia .. Registrar o B.O.. Para ficar registrado e me prevenir também caso ele, em meu nome, lesasse alguém. Houve sim.. Fui no dia seguinte registrar.. Porem percebi a falta de falta de profissionalismo pois comecei o atendimento com uma pessoa.. E apos ter relatado todo ocorrido.. Fui direcionada para outra.. Não sabendo o motivo.. Que assumiu a ocorrência e tive q explicar todo ocorrido novamente.. Despreparo.. Pois ate pra redigir e descrever de forma clara o ocorrido.. Quase que tive ditar cada palavra..


MMQI Conseguiu reaver a conta? Como fez pra se proteger do golpe, depois do susto?

Jamille Nós conseguimos dados de conta e CPF do fraudador.. Achando que poderíamos de alguma forma alguma justiça.. Porem os dados eram de São paulo e dessa forma não poderíamos fazer nada. Achei um absurdo e sentimento de impunidade.. As delegacias deveriam ser interligadas de alguma forma diante desse tipo de evento.. Que é nacional. Fico imaginando se tivesse sido algo mais complexo.. Entrei também em contato direto com a operadora oi e informei o ocorrido.. Que por sinal me surpreendeu.. Pois eu cancelei o numero.. Para assim interromper de imediato a ação dos fraudadores.. E a oi que havia dado um prazo de 24h .. Em menos de 3h já havia cancelado o número.. Por isso não consegui reaver o mesmo número.. Pois o prazo de renovação de um novo código do Whatsapp era muito extenso.. Em torno de 9 horas.. Então optei em não esperar. Cancelado numero antigo.. Eu com numero novo.. Consegui informar a todos os contatos do ocorrido e pedindo para add o novo numero.. Com a divulgação nas redes.. Percebi que o golpe estava mais em alta do que imaginava.. Tive acesso a impressos de notificação e condutas diante o golpe e já divulguei de imediato.

Para me proteger do golpe ativei a dupla checagem do Whatsapp. Que verifica periodicamente a integridade do mesmo. Eles clonaram a partir de um anuncio na OLX que eu fiz p meu pai
Coincidentemente, na semana depois um outro amigo sofreu o mesmo golpe.. Mas com consequências. O colega., devido grau de amizade transferiu R$: 1250 reais.. E não conseguiu reaver com o banco. Eles alegaram que foi transferência de livre e espontânea vontade.. Mesmo ele sido vítima.. Perdeu o dinheiro

Como se proteger

A PSafe alerta que o usuário jamais deve informar a terceiros o código de liberação de acesso do WhatsApp. Assim como fez Jamille, é importante, além disso, ativar a verificação em duas etapas para reforçar a segurança da conta e evitar conectar o celular em redes Wi-Fi desconhecidas. Se possível, instale um aplicativo para proteger o mensageiro com senha.

Fonte: Techtudo

Habemus Santa!!! Irmã Dulce foi canonizada pelo Papa Francisco no Vaticano

Religiosa baiana se tornou a primeira santa brasileira

Foto: Reprodução/TV Globo

Por Gustavo Medeiros

As 10:34 da manhã da hora local do Vaticano ( 5:34 no Horário de Brasilia) deste domingo (13), o Brasil passa a conhecer a sua primeira santa. Após ter seus milagres reconhecidos pela Igreja Católica, Irmã Dulce passou pelo processo de canonização e agora passa a ser reconhecida como Santa Dulce dos Pobres.

A cerimonia, que contou com a presença de 50 mil pessoas, foi conduzida pelo Papa Francisco, que canonizou outros quatro beatos de outras nacionalidades.O rito de canonização, que aconteceu na Missa de Domingo, também concedeu o título de santos aos beatos John Henry Newman, Giuseppina Vannini, Mariam Thresia Chiramel e Marguerite Bauys.

Foto- Reprodução/Globo News

Autoridades brasileiras também acompanharam a cerimônia de canonização. Estiveram presentes o vice-presidente, Hamilton Mourão; o governador da Bahia, Rui Costa; o prefeito de Salvador, ACM Neto; e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre.

Representando o Brasil, e em homenagem a Santa Dulce dos Pobres, a cantora Margareth Menezes, o sanfoneiro Waldonys e o Padre Antonio Maria se apresentaram antes da missa.

Em sua fala na homilia da missa de canonização, o Papa Francisco lembrou que os cinco beatos dedicaram suas vidas aos mais pobres na vida religiosa, fazendo ” um caminho de amor nas periferias existenciais do mundo.”.

Foto- Reprodução/G1

Programação Especial

Foto: Alan Tiago Alves/ G1

Em Salvador, quase todas as paroquias montaram uma programação especial para o dia de hoje. No Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, os devotos se reuniram desde as 4h da manhã para acompanhar a cerimônia de canonização através de um telão de 15 metros quadrados. Várias missas aconteceram no local durante o dia. A programação faz parte da Semana da Gratidão, que começou com uma vigília na noite do último sábado (12) e vai até o dia 19

Durante o dia, a imagem de Irmã Dulce, que foi colocada no Santuário, recebeu uma aureola do Frei João Paulo, simbolizando este momento muito especial para os brasileiros.

 Foto: João Souza/ G1

Acompanhe aqui sobre a vida e a trajetória de Santa Dulce dos Pobres

Fonte: G1 Bahia

Mancha de óleo, que atingiu o litoral nordestino, já chegou nas praias de Salvador

Agentes da LIMPURB encontraram resíduos do material nas praias do Flamengo e Jardim dos Namorados

Foto- Divulgação

Por Gustavo Medeiros

Agentes da LIMPURB (Empresa de Limpeza Urbana de Salvador) detectaram, na noite da última quinta-feira (10), na Praia do Flamengo, pequenos fragmentos do que ser a mancha de óleo, que tem atingido as praias do litoral nordestino. Na manhã desta sexta-feira (11), o mesmo material foi encontrado na praia do Jardim dos Namorados.

Uma equipe de 75 agentes de operações especiais, além de dois agentes de coleta, monitora todas as praias de Salvador para identificar resquícios do óleo em outras praias e ilhas. Com as novas ocorrências, sobe para 22 o numero de localidades atingidas pelo óleo no estado.

Em entrevista ao site Bahia.ba, o presidente da LIMPURB, Marcus Passos, reforçou o trabalho de monitoramento nas praias da capital baiana. Segundo ele, o material será levado a um local isolado para ser submetido a analises.

Antes de chegar em Salvador, a mancha atingiu as praias do Litoral Norte, vinda da porção sergipana de Mangue Seco. De acordo com a analise de técnicos da Universidade Federal da Bahia (UFBA), o petróleo é proveniente de uma bacia da Venezuela. O governo de Nicolas Maduro nega o resultado que comprova a nacionalidade do resíduo, após a realização de vários testes comparativos.

Com a chegada do final de semana, o diretor da Faculdade de Biologia da UFBA, Francisco Kelmo pediu cautela aos banhistas, devido as condições das praias com a chegada da mancha. De acordo com o biólogo, o material deve ser evitado ao máximo,pois pode causar alergia respiratória .

Fonte – G1 e Bahia.ba

A Greve da PM e a batalha declaratória pela oficialização da verdade

A guerra entre o poder estadual e os policiais grevistas ganha espaço nas mídias e nas redes

Arte – Gustavo Medeiros

Por Gustavo Medeiros

Desde a tarde da última terça (08/10), a Bahia vive em um estado de batalha declaratória para definir qual verdade prevalece. De um lado, o campo argumentativo de um grupo com 300 policiais, que começou a peleja, usando a sua própria verdade para convencer a população de que a greve existe e o movimento tem forte adesão. Do outro, e não menos importante, está o estado e seu aparato oficial, que, tenta, a qualquer custo, manter a normalidade.

A força desta guerra de declarações está no constante uso das redes sociais e dos veículos de massa, estes últimos, por sua vez, parecem ter comprado a briga do governador e do comandante geral da Policia Militar (PM-BA), dando espaço a uma posição que, aos olhos mais profundos, aparenta, em linhas mais agudas, ter mais consistência e força frente ao histórico questionável do líder maior deste movimento, o deputado estadual Marco Prisco (PSC).

Por sua vez, o movimento paredista possui os canais do Whats App, velhas conhecidas fontes de fake news e outras bobagens, que viralizam informações, espalham vídeos e tentam impressionar por meio do medo e do poder do ato de persuadir, que está mais próximo da população, algo que ainda nos traz efeitos colaterais.

Em tempos de verdades relativas e argumentos carregados de tons belicosos, todo bom senso é necessário. Entre a normalidade, tentada com todas as forças pelo poder estadual, e o uso da coação, impetrado por aqueles que tem “relativamente” o poder do “Zap Zap”, quem sofre com todo este clima de confronto é a população, que fica a mercê da truculência do aparato policial e dos saques â lojas e outros estabelecimentos.

Nesta batalha declaratória, a verdade “verdadeira” e “oficiosa” é artigo de luxo para os dotados de bom senso.

Policiais Militares deflagram estado de greve. Comando Geral não reconhece paralisação

Nota da PM e governador Rui Costa responsabilizam o deputado Marco Prisco (PSC) pelo ato

Foto- Bahia no Ar

Por Gustavo Medeiros

Após a assembleia na ADELBA, um grupo de policiais militares deflagraram uma greve por tempo indeterminado na tarde da última terça-feira (08/10). Os integrantes do movimento reivindicam melhorias no PLANSERV, além de um plano de carreira para benefício.

Mesmo com a deflagração da greve, o comandante-geral da PM, Coronel Anselmo Brandão, negou que houvesse a adesão de boa parte do efetivo pela paralisação que foi anunciada pela ASPRA, um dos órgãos sindicais que representa os policiais militares no estado.

Além disso , o Comandante Brandão ainda afirmou que um grupo de 300 policiais, a maioria deles aposentados, tem a responsabilidade por determinar o estado de greve e ressaltou que sempre esteve presente nas rodadas de negociação com os lideres do “movimento”.

Nas redes sociais, o comando da Policia Militar publicou uma nota garantindo a normalidade do policiamento nas ruas e atribuiu a autoria da greve ao deputado Marco Prisco (PSC), tratando assim o movimento como político, que tem a finalidade de criar um clima de insegurança entre a população.

Já o governador Rui Costa (PT) reiterou a posição do comandante e da PM em seu programa, “Papo Correria”. Sem citar o nome de Prisco, ele afirmou que o deputado é tomado por uma “vaidade irracional e responsável”, reafirmando que este é um “movimento de viés político-partidário.”. Ele finalizou declarando que “os policiais não querem ser massa de manobra.”.

Em pronunciamento, que foi viralizado nas redes e canais no Whats App, o deputado Marco Prisco reafirma o estado de greve e tenta desmentir as declarações do Comandante e do governador,afirmando que tem o apoio de boa parte dos policiais do interior do estado.

Saques

Depois da greve ser deflagrada, vários saques e arrombamentos foram presenciados em vários bairros de Salvador. Na Avenida Lima e Silva, no bairro da Liberdade, a porta de uma loja de roupas foi arrombada na madrugada desta quarta-feira (09). Três agências bancárias e outros estabelecimentos também foram vandalizados.

Em Cosme de Farias, cerca de 31 pessoas foram detidas após tentativa de roubo em um mercado e em uma loja. Equipes da 58ª CIPM e das Rondas Especiais (RONDESP) flagraram a ação, após uma denuncia feita pelo 190.

Fonte – Correio da Bahia

Maternidade Climério de Oliveira realiza exames de mamografia

São 120 vagas por semana

Imagem – Gustavo Medeiros

Por Gustavo Medeiros

A Maternidade Climério de Oliveira (MCO) está realizando um mutirão de mamografias durante o mês de outubro. O órgão, que pertence a Universidade Federal da Bahia (UFBA), está oferecendo 120 vagas por semana, com atendimentos de segunda a sábado.

As interessadas devem agendar o seu exame por meio do telefone (71) 3283-9306 ou ou presencialmente, das 9h às 12h e das 14h às 17h, na Rua do Limoeiro, 137. Após agendar o atendimento, é necessário levar copias de RG, CPF, cartão do SUS e comprovante de residencia com CEP.

Além da Climério de Oliveira, outros locais estão oferecendo exames de mamografia gratuitos. Confira aqui a lista completa

Fonte – Correio da Bahia

Praias do Litoral Norte foram atingidas por mancha de petróleo

As localidades de Siribinha e Mangue Seco foram afetadas.

Foto: João Arthur / Tamar

Por Gustavo Medeiros

As praias do Litoral Norte foram tomadas por manchas de óleo na manhã desta sexta-feira (04). De acordo com pesquisadores e biologos da Fundação Pro -Tamar, a localidade de Siribinha, no município do Conde, foi afetada pelo acidente.

Técnicos do Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) se dirigiram ao local para acompanhar o caso.

Além de Siribinha, a mancha também atingiu o lado sergipano de Mangue Seco. De acordo com alguns sites de noticias, ainda não informações sobre especies atingidas nas duas localidades.

No inicio da semana, um satélite detectou manchas de petróleo em oito dos nove estados do nordeste desde setembro. Na última terça-feira (01), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) informou que 124 localidades em 59 municípios foram afetadas até então.

De acordo com outras informações dadas pelo órgão federal, a mesma substância está poluindo a costa brasileira. Trata-se de petróleo cru, e não de um produto derivado do óleo.

Fonte – Bahia Noticias e G1

Rede pernambucana de restaurantes abre sua primeira unidade na Bahia este mês

Com 800m² e capacidade para atender até 250 pessoas simultaneamente, o novo “Camarada Camarão” vai gerar cerca de 100 empregos diretos. Para a unidade baiana da rede, foram investidos R$ 4,5 milhões.

Por Juliana Barbosa

Divulgação

A terra do dendê ganha mais um espaço gastronômico. Especializada em frutos do mar, a rede pernambucana de restaurantes Camarada Camarão vai abrir sua primeira unidade na Bahia, dia 29 de outubro, na Alameda Gourmet que fica localizada no térreo do Salvador Shopping. O restaurante vai oferecer a experiência gastronômica já conhecida em várias capitais do Brasil. Com 800m² e capacidade para atender até 250 pessoas simultaneamente, o novo Camarada Camarão vai gerar cerca de 100 empregos diretos neste importante momento de expansão do Grupo Drumattos – que controla a rede.

O cardápio com diversas opções, estrelado pelo crustáceo que dá nome a rede, é todo assinado pelo consultor gastronômico da casa, o chef francês François Schmitt

Divulgação

A expectativa é que em cinco anos, 15 novas casas, todas de grande porte, estejam em funcionamento no Brasil. A ousada meta foi iniciada com o acordo assinado pelo Grupo Drumattos com o fundo de investimentos Vinci Partners, uma das maiores gestoras do Brasil e que se tornou sócia da empresa através do Fundo NE III.

Para a unidade baiana da rede, foram investidos R$ 4,5 milhões. Atualmente, o Camarada Camarão conta com sete restaurantes – sendo três no Recife (PE), dois no Rio de Janeiro (RJ), um em Aracaju (SE) e outro em Fortaleza (CE). Além do projeto no Salvador Shopping, em breve a rede vai inaugurar uma casa em João Pessoa (PB). No próximo ano é a vez de Brasília, com início das operações em outras capitais das regiões sul e sudeste do País.

Divulgação

Segundo o empresário Sylvio Drummond, diretor do Grupo Drumattos, a Bahia entrou como uma das primeiras opções na rota da expansão da rede por diversos motivos. Entre os principais, o fato da capital baiana ser uma das mais agitadas e ao mesmo tempo uma das cidades mais acolhedores do Brasil – características que a fazem ser procurada por turistas brasileiros e estrangeiros durante todo o ano.

A experiência bem sucedida com a rede Camarão & Cia, cuja primeira loja foi inaugurada em 1999 no Shopping Recife e conta hoje com mais de 50 unidades espalhadas pelo país, fez com que o empresário Sylvio Drummond investisse ainda mais no setor de gastronomia. De lá pra cá, novas marcas foram se incorporando ao Grupo Drumattos. Assim, em 2005 surgia o primeiro Camarada Camarão, rede de restaurantes de grande porte com ambiente refinado e vasto menu de frutos do mar com preços extremamente competitivos.

Serviço:

Inauguração do primeiro restaurante Camarada Camarão na Bahia

Quando: Dia 29 de outubro, terça-feira, para convidados

Onde : Alameda Gourmet do piso L1 do Salvador Shopping

Nove marcas criarão produtos inspirados em Irmã Dulce

Projeto vai reverter dinheiro arrecadado nas vendas para as obras assistenciais

Foto: Divulgação

Por Gustavo Medeiros

Há poucos dias da cerimônia de canonização da Bem Aventurada Dulce dos Pobres, a religiosa serviu de inspiração para produtos exclusivos de nove marcas. As rendas obtidas pelas vendas serão revertidas para as Obras Assistenciais Irmã Dulce.(OSID).

O projeto fashion solidário, denominado Marcas do Bem , é fruto de uma parceria entre a Escola Baiana de Arte e Moda (EBAM) e a OSID e consiste em aliar moda e solidariedade, integrando marcas conhecidas do público mais alternativo como Euzaria, Miranda, Kalaynne,Amará entre outras

Os produtos seguem as linhas especificas de cada marca.e serão vendidos na loja oficial de Irmã Dulce e no stand oficial, que será montado na Praça Ana Lucia Magalhães durante este final de semana, dentro do Projeto Boa Praça.

A EBAM convidou o artista plástico Elano Passos, que desenhou uma estampa para a camisa oficial inspirado em um talento pouco conhecido do “Anjo Bom da Bahia”, a ligação com a musica por meio da sanfona, um de seus instrumentos favoritos. Para ele, o lado o lado musical da futura Santa pode aproximá-la do público jovem.

A cerimonia de canonização da Bem Aventurada acontecerá no dia 13 de outubro na Praça de São Pedro, no Vaticano ( Confira mais aqui).

Novo Horizonte, velhos problemas. Mais uma vez empresa deixa passageiros no meio do caminho

Ônibus da empresa, que fazia a linha Salvador x Rio de Contas, quebra em trecho perigoso da BR 242

Foto- Blitz Conquista (Reprodução)

Por Gustavo Medeiros

Os passageiros que estavam no ônibus da Viação Novo Horizonte, que fazia a linha Salvador x Rio de Contas, passaram por diversos apuros na madrugada de domingo (29) para segunda (30). O transporte quebrou em um trecho considerado perigoso da BR 242, na altura do município de Itaberaba, expondo, inclusive, crianças que estavam viajando.

Para sorte de quem estava no coletivo intermunicipal, um outro carro, com destino à Palmas, passava pelo local e levou os passageiros para a rodoviária de Seabra, que fica a 3h de distancia do local. Uma passageira gravou um vídeo relatando toda a situação.

Para seguir viagem até o destino final, o atendente do guichê entrou em contato com a garagem, que fica a poucos metros da rodoviária.

Transtornos

Após a matéria feita pela equipe do MMQI, que relatou diversos problemas nos serviços prestados pela Viação Novo Horizonte, outros casos apareceram. Uma passageira, estava um ônibus que fazia a linha no sentido contrário, que quebrou na estrada nas proximidades do distrito de Marcolino Moura. Segundo relatos, a promessa da empresa era enviar outro carro, que chegaria a noite no local.

Vale ressaltar que, após inúmeras denuncias de passageiros, a empresa foi notificada pelo Ministério Público (MP-BA) e assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) em julho de 2018, se comprometendo a corrigir os pontos que foram acordados como a precariedade e a insegurança.

Mesmo assim, a empresa, que está expandido os seus serviços para estados como Goias, Mato Grosso e Espirito Santo, continua desrespeitando,claramente, o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Entrevista excluisva com Anna Luisa Beserra: brasileira é 1ª a ganhar prêmio da ONU

Premiação será entregue durante a Assembleia Geral da ONU, dia 26 de setembro, em Nova York.

Por Juliana Barbosa

Divulgação ONU

Um filtro que purifica a água usando apenas a luz solar rendeu à empreendedora social baiana, Anna Luisa Beserra, 22 anos, o prêmio Jovens Campeões da Terra, da Organização das Nações Unidas Meio Ambiente. É a primeira vez que uma brasileira recebe o prêmio.

Hoje, o Aqualuz está em 53 residências de cinco estados do Nordeste: Alagoas, Bahia, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte. A escolha das casas foi feita através de parceiros, como seleções de fundações e projetos de aceleração que a startup participou. 

A maior parte das casas – pouco mais de 30 – fica na Bahia, nas cidades de Cafarnaum, Campo Formoso, Feira de Santana e Morro do Chapéu. Ao todo, Anna Luísa estima que o dispositivo ajude atualmente 275 pessoas. Até o fim do ano, com a perspectiva de implantação no Maranhão, Piauí e Minas Gerais, ela estima que chegue a 700 pessoas. Até o início do ano que vem, o número deve mais do que dobrar, alcançando 1,5 mil usuários

Segundo a ONU, 1,8 bilhão de pessoas bebem água imprópria ao consumo humano no mundo. No Brasil, segundo dados divulgados neste ano pelo Instituto Trata Brasil, cerca de 35 milhões de pessoas não têm acesso a redes de água potável.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, só em 2016, 1,4 milhão de pessoas morreram em decorrência de doenças diarreicas contraídas pelo consumo de água contaminada.

A ONU aponta que estas mortes estão “diretamente ligadas à falta de água potável e à falta de saneamento e de acesso à higiene” e que os problemas atingem principalmente “populações jovens, vulneráveis ou que vivem em zonas rurais remotas”.

A equipe do Muito Mais que Isso conversou com Anna, que está em Nova York, onde vai acontecer uma homenagem durante um baile de gala, marcado para o dia 26, durante a Assembleia Geral da ONU.

Divulgação ONU

MMQIVamos começar falando um pouco sobre você. Como você se define?

Anna – Sou biotecnologista, desde criança sempre tive o sonho de ser cientista, então, aos quinze anos, o que me possibilitou a realizar esse sonho foi participar do Prêmio Jovens Cientistas, do CNPq ( Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), que o tema era água, aí eu comecei o desenvolvimento do Aqualuz.

Me defino como uma pessoa criativa, inovadora, que busca sempre resolver problemas reais, que possam causar impactos positivos na vida das pessoas, e o aqualuz é um desses. O aqualuz é o primeiro produto de uma série de inovações que eu tenho em minha mente de realizar durante minha vida. Então, a partir do ano que vem a gente já deve começar o desenvolvimento de outros.

MMQIDe que forma surgiu o interesse pela temática que beneficia o semiárido até a ideia do aqualuz?

Anna – Como eu falei, aos quinze anos, eu vi um cartaz na escola do Prêmio Jovem cientista, fiquei com vontade de participar, e comecei a desenvolver, com a ajuda de alguns professores, e a temática do semiárido foi foco a partir do momento que era conhecido, era muito estudado na escola, apesar de eu ter nascido e sido criada em salvador, nunca tive contato físico com essa problemática, então eu pensei em alguma coisa que pudesse realmente ajudar essa região.

MMQI Como funciona o dispositivo?

Anna – O funcionamento do Aqualuz é muito simples, primeiro eu preciso explicar como é uma uma cisterna. A cisterna da região do semiárido é um grande reservatório para captação e armazenamento de água de chuva, ele é fechado mas, por problemas de manutenção acaba acontecendo de contaminações, e é aí que entra o aqualuz. A gente encaixa o aqualuz na saída da bomba da cisterna, essa água vai para o reservatório, fica em exposição diretamente ao sol por um período de duas a quatro horas, até que a água fique potável. Tem um sensor, que muda de cor, e alerta o usuário que a água está pronta para ser retirada e consumida. Sendo que a capacidade dele é de até 10 litros, Pode fazer até 3 ciclos por dia, e a única manutenção necessária é limpeza com água e sabão.

Arquivo Pessoal Anna Luisa

MMQI Quanto tempo dura o aqualuz?

Anna – O aqualuz dura 20 anos, o equipamento dele, o reservatório principal. E tem umas partes que não são essenciais, são acessórios que tem uma durabilidade um pouco menor, só que dá pra pessoa pode substituir ou viver sem. A gente ainda está estudando essa durabilidade de 20 anos, a gente não tem 20 anos de projeto ainda pra ter uma validação concreta mas, essa é nossa estimativa, isso é o que a gente quer.

MMQI Você foi bolsista do CNPq. como enxerga a atual situação do órgão?

Anna – Eu fui bolsista do CNPq e eu enxergo a atual situação como crítica. Por um lado é triste, porque tantos outros pesquisadores, tantas outras pessoas que poderiam estar desenvolvendo coisas, projetos, produtos ou pesquisas para a ciência e para humanidade, mas, por outro lado, o país está numa situação crítica, as prioridades dos políticos não estão sendo muito a educação, isso é muito triste, mas eu espero que não demore muito para voltar esse estimulo, quer dizer, não é nem por um lado ou por outro: os dois lados são negativos, e eu só espero que os cientistas tenham paciência, não desista das suas pesquisas por essa problemática, por que eu acho que a ciência deve prevalecer sempre, o jeito seria procurar outras fontes de fomento, existem muitos países que eles fomentam pesquisa aqui no Brasil, essa seria uma das saídas, claro que não dá para todos, mas alguns poderiam tentar conseguir.

MMQI Quando você explica o aqualuz dizemos: “como não pensamos nisso antes?”. Você passa a credibilidade que a metodologia é muito fácil e viável. Você acredita que o dispositivo pode ser utilizado em outros países?

Anna – O Aqualuz é sim, uma tecnologia muito simples, ele foi baseado no SODIS (SOlar water DISinfection)tecnologia que utiliza exposição da água dentro de garrafas pets para fazer o mesmo processo de desinfecção solar da água, só que existem vários problemas associados, dentre eles, a própria garrafa PET solta alguns químicos que são tóxicos ao consumo humano, e aí a gente desenvolveu um produto que resolveu esses problemas do SODIS, e sendo viável para essa região do semiárido, sendo especificamente desenvolvido para essa região, não só no Brasil, mas também em outros países do mundo.

Arquivo Pessoal Anna Luisa

MMQI – .A primeira brasileira a vencer prêmio da ONU, logo o principal prêmio ambiental para jovens empreendedores com idades entre 18 e 30 anos. Como você recebeu a notícia ,e o que passa por sua cabeça, agora,que está vivenciando tudo?

Anna – Eu recebi a notícia por e-mail. Mas, foi um e-mail bem tenso. Sabe quando você recebe um e-mail e desesperado pra ler pra saber o que é, o que está escrito e com aquela dúvida se foi aprovado, ou se é um e-mail negativo para dizer que você não foi aprovado? Então foi um sentimento muito bom quando li, fui aprovada, levantei da cadeira, dei um pulo, corri, chorando, para contar a notícia aos meus pais, foi um momento muito, muito bom, e agora que estou aqui, (em nova York), vivenciando isso,está sendo melhor ainda, não imaginava que seria tão impactante. Estou conhecendo pessoas novas, com visões diferentes e positivas do mundo, com trabalhos incríveis na área de sustentabilidade, voltados mesmo para fazer um planeta mais sustentável, e eu já estou aqui inspirada, com novas ideias querendo já mudar minha rotina diária, ser mais consciente, não só com o aqualuz, que é voltado para a água mas, até no dia a dia mesmo, pensando nas atitudes que a gente tem, nas ações que a gente tem que impacta, significamente no meio ambiente, como andar menos de carro, o consumo de gasolina, não usar mais sacolas plásticas, não usar copo descartável. Coisas simples que fazem toda diferença;.

MMQIAos 21 anos você já mudou a história de muita gente, e provavelmente realizou alguns sonhos! Quais são os planos agora?

Anna – Ontem foi meu aniversário de 22 anos, foi o primeiro aniversário que fiz fora do Brasil, e eu ainda acho que fiz muito pouco, sabia? Eu pensando assim, ainda tem tanta coisa que eu quero fazer, no mundo de coisa que passa pela minha cabeça. Nos próximos anos quero criar mais tecnologias, deixar a empresa no âmbito internacional mesmo, tanto o aqualuz, quanto outros produtos, atingindo o mercado fora do Brasil, o máximo de pessoas possível, impactando a vida das pessoas,ajudando o mundo, sendo sempre produtos sustentáveis e alinhados com os objetivos do desenvolvimento sustentável. Para o Aqualuz, por exemplo, a gente pretende nunca parar o desenvolvimento, sempre vão ter novos impactos associados ao aqualuz.

MMQI.Você é CEO de uma startup majoritariamente formada por mulheres, Jovens cientistas. Há preconceito de gênero na área? Se sim, isso interfere de alguma forma?

Anna – Sim, já passei por algumas experiências que eu percebi que os homens estavam sendo favorecidos e havia uma visão machista sobre mim e minha empresa, não só por eu ser mulher, mas também por eu ser jovem. Mas, eu acredito que hoje, na nossa empresa isso não existe, a gente tem homens também, e todo mundo convive pacificamente, não há ninguém com visões distorcidas : ” Eu sou homem, eu tenho mais valor que você..”. É uma coisa que a gente acredita que tem que criar cultura na sociedade mesmo. Acho que hoje, com o espaço que a gente está criando, com a credibilidade que a gente está tendo, o fato de ser mulher e ser jovem, não está sendo mais um ponto negativo, está sendo um ponto positivo, mostrando o próprio potencial que as mulheres e os jovens tem no mundo, então a parte do preconceito está sendo superada, no nosso caso mas, a gente sabe que muitas pessoas que estão começando agora ainda enfrentam esse problema, a gente quer servir de inspiração. É algo que precisa ser trabalhado muito, ainda mas, acredito que já esteja evoluindo.

MMQIO presidente Jair Bolsonaro estará em Nova York quando você for premiada. O que diria ao presidente diante da politica ambiental brasileira no exterior, criticada por especialistas e líderes mundiais em meio ao avanço do desmatamento e das queimadas?

Anna – De fato, a postura não é o melhor cenário para o Brasil, e deveriam pedir auxílio de especialistas na área ambiental, para se posicionarem de forma ideal para o planeta.

Crise no CNPq

O pontapé mesmo para o Aqualuz sair do papel veio no curso de Biotecnologia na Ufba. Ainda no primeiro semestre, participou da incubadora da instituição – a chamada Inovapoli. Por um ano, entre 2015 e 2016, Anna recebeu uma bolsa de iniciação tecnológica do CNPq para desenvolver o projeto.

No início do mês, a Capes ( Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior ), anunciou o corte de 5.200 bolsas, que deixariam de ser renovadas (ou seja, redistribuídas para novos alunos) para conseguir manter as que estavam ativas. No total, a agência já cortou 11.800 bolsas neste ano. Já o CNPq afirmou que não teria como garantir o pagamento de seus 84.000 bolsistas a partir deste mês por falta de verbas. Por enquanto, entidades ligadas à produção científica brasileira tentam chamar a atenção do Congresso para os prejuízos à pesquisa brasileira, caso a previsão orçamentária não seja corrigida pelos parlamentares.

Fontes: El País, BBC, Agência Brasil

Localidades de Ipupiara sofrem com incêndios

Cidade localizada na Chapada Diamantina está em alerta desde o último domingo (22)

Foto – Central Noticias (Reprodução)

Por Gustavo Medeiros

Há três dias, a cidade de Ipupiara, na Chapada Diamantina, está em alerta máximo. A causa é um incêndio que começou em uma comunidade no povoado da Matinha, no município vizinho de Brotas de Macaúbas, e se espalhou para as localidades de Axuré e Tanquinho. As chamas se propagaram por conta dos ventos forte e do mato seco.

Segundo informações da prefeitura do município, o fogo já tomou conta de algumas propriedades rurais, danificando currais e canos de adutoras que fazem parte de sistemas de captação de água.

O Instituto Estadual de Meio Ambiente (Inema) e a Brigada de Combate a Incêndios na Chapada já foram acionados. “Sem eles nada poderemos fazer para evitar uma tragédia ambiental.”, afirmou o secretário municipal de meio ambiente, Wellington Bessa.

Na Bahia, o número de queimadas aumentou cerca de 58% durante este ano em comparação com o ano passado. A região mais afetada pelas chamas é o Oeste, onde foi detectado, há quase uma semana, um incêndio na Serra do Mimo, que fica localizada próxima ao perímetro urbano de Barreiras.

Fonte – Bahia Noticias, Caboronga Noticias e G1 Bahia

Revista Papo de Salão traz nova experiência estética

Foto: Jázio Velásquez

Por Paulo Leandro (MTB. 1.214-BA

A arte de tornar-se mais linda, o noticiário da última moda e tecnologia estética, acompanhado das melhores maneiras de cuidar bem de si mesma. Tudo isso e muito mais será possível apreciar na segunda edição da revista Papo de Salão, já em fase de reta final de edição para circular em outubro nos melhores endereços da beleza em Salvador.

O cenário atende à proposta editorial da publicação, totalmente produzida na capital baiana, com o objetivo de tornar-se uma das referências nacionais em experiência de contemplação do belo: será o espaço Nana Cabelo e Estética, de Rosana Velloso, no bairro da Graça.

aisthesis, de onde deriva aisthetiké, como chamavam os gregos da Antiguidade Clássica, na origem do conceito de estética, há 22 séculos, ganha atualidade no projeto do hair stylist e visagista Chico Fernandez, celebrando seus 26 anos de carreira, em parceria com a jornalista Juliana Barbosa.

Foto: Jázio Velásques

De currículo recheado com atuações em televisão, sites noticiosos e vivência na imprensa de Portugal, Juliana não só produz conteúdo para a Papo de Salão, como também é uma das modelos de presença mais alegradora para quem vai cultivar o prazer de por as vistas nas páginas coloridas da nova Papo de Salão.

Foto: Fernando Lopes

Nesta edição, a revista Papo de Salão tem também a participação especial da premiada jornalista Isana Pontes, responsável por editoriais fotográficos, além da edição e produção de textos.

Jázio Velásques

Papo de Salão traz, entre as principais novidades, o refinamento verificado nos detalhes da maquiagem das modelos, sob a responsabilidade de Miuson Matos, profissional estabelecido no mercado baiano, e dedicado à arte de valorizar a beleza.

Foto: Monique Gualberto

O time de fotógrafos, composto por Jázio Velásquez, Fernando Lopes e Monique Gualberto, já vem distribuindo algumas imagens nas redes sociais, como forma de deguste para os leitores da revista, cuja proposta é tida como uma preciosidade para os padrões de Salvador, reconhecidamente carente de belas publicações deste gênero.

FINAL