Dom Felino

Indoor: A criação ideal

Por Érica Medeiros

Arquivo Pessoal: Malu, gata à espera de adoção na casa de Erica Medeiros

Como gateira que sou, sempre utilizo termos que acabam sendo ouvidos com certo “assombro” por parte dos novos criadores, simpatizantes e afins. Portanto, achei conveniente elaborar um textinho elucidativo pra explicar o que é criação “indoor”.

Bem, como o próprio nome já define, criar “indoor” significa criar dentro, ou seja, criar o animal em casa sem nenhum acesso à rua.

Tal conceito surgiu para definir aqueles criadores que optam em manter seus felinos em ambiente seguro, contudo, ainda é um tema bastante polêmico, dada à característica mais solene do gato que é a preservação do seu instinto de caça. Tal comportamento felino, “confunde” as pessoas, que acabam por achar que o gatinho precisa dar os famosos “passeios”.

Fato é que nas ruas os nossos gatíneos correm uma série de perigos (atropelamentos, brigas com outros gatos, ataques de cães) e sofrem uma série de maus tratos (envenenamento, chutes, pauladas, água quente, e por aí vai…), afinal, esses peludos ainda não conquistaram totalmente a empatia dos homens, sendo rotineiramente vítimas potenciais da perversidade humana.

Por outro lado, a criação indoor pode se tornar uma dor de cabeça se o tutor não se preocupar em fornecer um ambiente adequado, sadio e preparado para a manutenção do felino. Isso é possível através do enriquecimento ambiental, da castração, dentre outros fatores contributivos a amenizar a falta que o bichano sente em estar “in nature”.

Estudos indicam que a expectativa de vida de um gato que vive nas ruas ou tem um lar, mas dá suas habituais voltinhas, é de em média de 3 anos, quando um gato criado indoor pode viver até 17 anos. Conheço relatos de felinos que viveram até os 23!

A criação indoor, se feita com atenção às necessidades do bichano, é a maneira mais eficaz de mantê-lo seguro, longe de “acidentes”, doenças, parasitas, etc, estendendo sua qualidade de vida e por consequência seu tempo de permanência conosco.

Se você pensa em adotar um gatinho, sugiro ler artigos sobre o tema da criação indoor. É simples e eu recomendo!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s