Entidades denunciam Bolsonaro por incitação a ataques aos indigenas

Denuncia foi feita por dois órgãos de direitos humanos ao Tribunal Penal Internacional

Foto- Reprodução/Internet

Por Gustavo Medeiros

O atual presidente da república foi denunciado no Tribunal Penal Internacional (TPI) em Haia, na Holanda. A denuncia foi feita pelo Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos (CADHu) e Comissão Arns, formada por personalidades de diversos setores da sociedade.

Na peça, os grupos acusam o atual chefe do executivo de “incitar o genocídio e promover ataques sistemáticos contra indígenas” por meio de medidas e declarações dadas em meios públicos. A representação já foi levada à corte de Haia, que poderá julgar a hipótese de abrir uma investigação.

Em nota, as duas entidades destacaram que “chefes de Estado e de governo têm, perante o direito internacional, o dever de coibir crimes e proteger as populações vulneráveis.”. Além dos ataques aos povos indígenas, os grupos alegam que Jair Bolsonaro se omitiu diante dos recentes crimes ambientais na Amazônia, que foram responsáveis pela primeira crise diplomática do atual governo.

O CADHu e a Comissão Arns também explicaram que denuncias desse tipo não possuem validade, ou seja, não prescrevem.

Fonte – Bahia.ba e UOL

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s