Caso Uber – Motorista sobrevivente conta tudo

Em entrevista à TV Bahia, ele relata sobre os momentos que estava no cativeiro e como conseguiu fugir

Foto-  Matheus Simoni/Metropress

Por Gustavo Medeiros

Sobrevivente da chacina que torturou e matou quatro motoristas de aplicativo na ´madrugada da última sexta-feira (13), na comunidade Paz e Vida (Entre os bairros de Santo Inácio e Mata Escura), contou detalhes da ação. Ele relatou, em entrevista concedida à TV Bahia, que fugiu quando um dos motoristas reagiu e lutou contra os assassinos.

Segundo o motorista, quando ele percebeu que iria ser morto, pediu aos assassinos para falar com Deus. Nesse instante, o sobrevivente rezou o Salmo 121 e, ao terminar, o suspeito colocou a arma em cima da geladeira para pegar o corpo de uma das vitimas. A partir daí, Genivaldo da Silva Felix, reagiu e o motorista escapou.

Na entrevista, o sobrevivente também contou como conseguiu escapar.e disse que só conseguiu chamar a polícia após chegar a uma área próxima do Presídio Salvador.

“Eu não conseguia sair andando, porque a lama estava até o peito. Então, eu segurava na árvore e rastejava, só que quando eu segurava, a árvore balançava e então eles atiravam na direção da árvore que estava balançando”

As vítimas do atentado foram identificados como Alisson Silva Damasceno dos Santos, de 27 anos, Sávio da Silva Dias, de 23 anos, Daniel Santos da Silva, de 31 anos, e Genivaldo da Silva Félix, de 48 anos. Todos eram motoristas de aplicativos. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Protesto

Foto- Cid Vaz/Tv Bahia

Motoristas dos aplicativos 99 Pop e Uber fizeram mais um protesto durante esta segunda (16), que contou com a participação de parentes das vitimas. O grupo se reuniu pela manhã na altura da Assembleia Legislativa, no Centro Administrativo da Bahia (CAB) e saiu em carreata e buzinaço em direção à Secretária de Segurança Publica (SSP-BA).

Pela tarde, os motoristas fizeram mais uma carreata na Avenida Paralela e seguiu em direção a sede das duas empresas, na região da Pituba, deixando o transito completamente lento.

Fonte – G1, Correio da Bahia e Metro 1

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s