Brasil ainda tem 122 barragens que oferecem riscos de rompimento, afirma consultoria ambiental

Onze são do estilo alteamento montante, método utilizado na barragem de Brumadinho

Foto- Reprodução/ Rede Globo

Por Gustavo Medeiros

Um ano após a tragédia que envolveu uma barragem da Vale em Brumadinho (MG), que matou 259 pessoas, um levantamento feito pela consultoria ambiental dinamarquesa Rambol constatou que o Brasil ainda apresenta 122 barragens que oferecem risco. Desse total, cerca de 84 pertencem a mineradora.

No levantamento, a consultoria detectou que, das barragens que ainda oferecem riscos de rompimento, cerca de onze são do estilo alteamento montante, do mesmo tipo de Brumadinho e do Fundão, operada pela mineradora Samarco, que se rompeu em 2015, vitimando 19 pessoas.

A construção de barragens, que trabalham com o método de alteamento é considerada de baixo custo e menos segura. Uma resolução da Agência Nacional de Mineração (ANM), proibiu a utilização do método de construção ou alteamento de barragens de mineração denominado ‘a montante’ em todo o território nacional”.

Fonte – Bahia.ba

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s