OMS decreta pandemia do novo coronavírus

Número de casos no Brasil passa de 70. Organização Mundial da Saúde pede que países redobrem comprometimento com o combate à doença.

Por Juliana Barbosa

Um dia após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar pandemia – disseminação em nível mundial, do novo coronavírus (Covid-19), o mercado reagiu negativamente nesta quinta-feira(12). No Brasil, a Bolsa de Valores brasileira iniciou o dia já em forte queda e acionou pela segunda vez no dia circuit breaker, quando as operações são interrompidas por 30 minutos —foram quatro ocorrências em quatro dias. Já o dólar comercial começou em alta de 6%, ultrapassando a marca de 5 reais. O clima de apreensão foi agravado com a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a suspender por 30 dias os voos entre seu país e a Europa. Enquanto o vírus avança e causa pânico no mundo. O governo da China declarou hoje que o pico do surto do novo coronavírus acabou no país. Os novos casos de Covid-19 continuam em declínio, afirmou o porta-voz da Comissão Nacional de Saúde, Mi Feng, em entrevista coletiva em Pequim.

Nesta quinta, foram registrados apenas 15 novos casos no país. A província de Hubei, onde fica a cidade de Wuhan, considerada o epicentro da epidemia, registrou apenas oito novas infecções. É a primeira vez que Hubei registra uma contagem diária de menos de 10 novos casos.

No Brasil, o Ministério da Saúde publicou uma portaria que define como serão feitos o isolamento e a quarentena para enfrentar a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), causador da doença Covid-19.O texto prevê que agentes de vigilância podem recomendar o isolamento para pessoas que tiveram contato próximo com alguém infectado enquanto o caso delas estiver sendo investigado. O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou no Twitter que medidas de isolamento e quarentena podem ser impostas compulsoriamente.

 “Mas isso não é necessário com autorresponsabilidade. A saúde pública é a lei suprema”, afirmou.

O Governo brasileiro trabalha oficialmente com 52 casos da doença, número que cresce com anúncio de 21 novos casos em São Paulo, Bahia, Rio Grande do Sul e Pernambuco ―esses números só devem ser acrescidos ao balanço nacional, que é atualizado diariamente, nesta quinta-feira.

A China registrou 80.980 casos confirmados de Covid-19 desde o início do surto, com 3.173 mortes confirmadas por complicações causadas pelo novo coronavírus. Além da China, 37.371 casos foram registrados e há ao menos 1.130 mortes. O Irã tem mais de mais de 10 mil casos da doença e 429 mortes. A Itália tem mais de 10 mil infectados e registrou 631 mortes. Nos EUA, há 1 mil casos e 31 mortes.

Por que idosos estão entre os grupos mais vulneráveis ao coronavírus? Saiba quais são os riscos

Segundo o médico infectologista Caio Rosenthal, uma série de fatores colabora para que esse grupo seja mais afetado que a população em geral. Veja, abaixo, alguns deles:

  • O sistema imunológico dos idosos costuma ser deficiente por causa da idade
  • Mesmo as vacinas tomadas na juventude já não são tão eficazes, portanto, há menos anticorpos no organismo
  • Os pulmões e mucosas tornam-se mais frágeis e vulneráveis a doenças virais
  • O idoso costuma engasgar-se e aspirar mais, inclusive levando mais a mão à boca, aumentando o risco de contágio
  • Ele também vai a hospitais com mais frequência, ficando mais exposto a micro-organismos

Veja os cuidados específicos que os mais velhos devem tomar:

  • Estar com as vacinas em dia
  • Controlar possíveis casos de diabetes e de outras enfermidades (como doenças cardíacas, por exemplo)
  • Manter-se fisicamente ativo
  • Reduzir, apenas quando possível, as idas a hospitais, para evitar contágio

As outras recomendações, diz o médico, são as mesmas destinadas a outras faixas da população: lavar bem as mãos, afastar-se de pessoas com suspeita de infecção e tentar não levar uma vida sedentária – além de não fumar.

Fontes: El país, G1

Representando 26% da produção nacional e 15% do lucro da Vedacit, sede de Salvador recebe investimento de 2,5 milhões

Com sede em Porto Seco Pirajá, a Vedacit em Salvador deve atingir esse ano o lucro de R$ 500 milhões. 

Por Juliana Barbosa

Foto: Juci Ribeiro

Durante a tarde desta quarta-feira (12), no Fera Palace Hotel, A vedacit realizou um encontro de relacionamento para a imprensa baiana e destacou a relevância que a cidade tem para a marca. O Ceo da empresa, Marcos Bicudo, falou sobre a importância da unidade do Nordeste, presente na capital baiana há 40 anos. Segundo o presidente, com a recessão e a Lava Jato, o mercado da construção formal teve uma queda acentuada.

Foto: Alexandre Battibugl

“A empresa Vedacit por ser pioneira e líder desse mercado, e estar inserida nesse seguimento da construção civil, que tem sofrido tanto na recessão desde 2012, é um mercado que já caiu 30%, que chegou a representar 12% do PIB em 2013, e no ano passado, 2018, representou 3,8% do PIB total. A nossa interpretação é que esse segmento precisa de inovação, transformação(…)

Nós estamos investimos na sustentabilidade sobre esse aspecto (habitacional), como um driver, um direcionador, para inovação, para novos modelos de negócio, por exemplo, para habitação de baixa renda, para você transformar esse estoque de habitação insalubre em uma habitação saudável(…)

Nós queremos nos preparar para a retomada da construção formal que já está na iminência de ocorrer”,

.

Marcos Bicudo

Segundo o gerente executivo industrial, Klaus de Carli, a planta de Salvador faz produtos para o Brasil interior e transfere a produção para o sudeste, de onde é distribuído. A produção da capital baiana representa 26% em volume. Considerada uma unidade importante para a organização, a sede da capital baiana recebeu um investimento de R$ 2,5 milhões dos R$ 9 milhões investidos na expansão dos negócios neste ano.

Bruno Pacheco, gerente excecutivo de marketing destacou novidades como estratégia, a empresa traz a Vedacit Labs, que é uma plataforma para atrair empreendedores que tenham ideias que possam ajudar no processo de transformação. Além de repaginar as plataformas sociais,a renovação do site, um chatbot, o Théo, para facilitar a comunicação com os clientes e o aprimoramento do SAC.

Foto: Divulgação

Durante o evento, a primeira brasileira a ganhar o maior prêmio para jovens da ONU e idealizadora do Aqualuz, Ana Luisa Bessera, destacou a parceria com o instituto Vedacit

O apoio do instituto Vedacit foi desde o início deste ano, a gente fez um projeto piloto com eles, eles foram nossos primeiros clientes, eles ajudaram a gente a finalmente implantar uma quantidade maior em instrutura de projeto social, que é esse modelo que a gente trabalha hoje com outra empresas.O instituto Vedacit deu esse ponta pé inicial, quem deu esse primeiro suporte pra gente.. Eles fizeram esse investimento para beneficiar dez famílias, em Feira de Santana, distrito de Matinha, uma comunidade quilombola(…) A proposta que a gente tem é de agora, cada vez mais, melhorar a tecnologia, tornar mais eficiente, reduzir o custo, e estrutura em forma de projeto social para que a gente não só beneficie a família com o Aqualuz, mas, em toda a questão da capacitação, colocar na cultura deles da importância de ter água potável, da higienização, de fazer todas as etapas, do processo completo, tanto do processo da cisterna quanto do uso do Aqualuz, até consumir. .

Após as apresentações, foi servido um coquetel a imprensa no rooftop lounge do hotel.

Foto: Juci Ribeiro

Pílulas de Química

Desodorante, antitranspirante, alumínio, bicarbonato, leite de magnésia, aerossol, rolon (roll-on), minâncora, leite de rosa. Será que há muita coisa para por debaixo do braço?

Reprodução:internet

Por Hélio Messeder

Cerca de 90% do nosso suor é composto por água e aqueles 10% (nada vagabundos) são formados por proteínas, sais minerais e gorduras. Nada disso tem cheiro. Na pele, existem aquelas colônias de bactérias e fungos que se alimentam dessas gorduras e proteínas e liberam substâncias com cheiros nada agradáveis, em geral ácidos carboxílicos. Nas axilas, o negócio ainda é um pouco pior, o lugar é úmido e escondido da luz formando um verdadeiro ambiente para proliferação desses seres microscópicos e, portanto, uma verdadeira fábrica natural de substâncias desagradáveis. A química nos ajuda a resolver isso com desodorantes e antitranspirantes.

O desodorante atua reagindo com as substâncias produzidas pelas bactérias e, ao mesmo tempo, tenta acabar com elas, já que as mesmas estão fazendo a moradia no seu suvaco. Nem todo desodorante é antitranspirante. Os agentes antitranspirantes, compostos com base em alumínio, tem como função bloquear as glândulas sudoríparas das axilas. Esses compostos formam uma película gelatinosa que aderem às glândulas e diminui a vazão de suor, cortando a fonte de alimentação das bactérias, diminuindo os ácidos produzidos e consequentemente o odor nada agradável. Com o tempo, o suor vai dissolvendo essa película gelatinosa e o antitranspirante vai parando de fazer efeito. É hora de tomar aquele banho maroto e renovar o desodorante.

Reprodução- Internet

Algumas pessoas ainda questionam se o uso do antitranspirante não seria prejudicial a saúde e se o tal do alumínio não causaria câncer. O que as minhas pesquisas indicaram é que não nenhuma relação explicita entre câncer e alumínio dos desodorantes. A quantidade absorvida pela pele é muito pequena e, assim, muito longe da quantidade considerada danosa. Os estudos continuam, mas até então o produto é super seguro. Se você está realmente preocupado com câncer, já falei isso antes, dê uma olhada na política de agrotóxicos liberados no nosso país e verá que lá temos problemas graves de substâncias que causam câncer e estão nos nossos alimentos.

Não há diferença, quanto a atuação química, entre os desodorantes/antitranspirantes roll-on e aerossol. Mas a forma em que essas substâncias chegam as axilas podem ter influência no efeito. Um desodorante roll-on possui loções cremosas que ajudam na hidratação da pele e podem garantir uma cobertura maior dos poros, no entanto eles demoram mais para secar que os aerossóis e assim podem aderir na roupa e não cumprirem sua função. A adesão dos antitranspirantes na fibra das roupas é um negócio tão interessante que merecerá ser discutida em outro momento. Muitos materiais caseiros já foram usados para nos ajudar com esse problema “suvacal”.

O uso de bicarbonato de sódio e leite de magnésia, por exemplo, funcionam com desodorantes, porque são substâncias que reagem com os ácidos carboxílicos mal cheirosos produzidos pelas bactérias. A Minâncora e o Leite de rosa possuem na sua composição óxido de zinco e o cloreto de benzalcônio que funcionam como antibacterianos. Todos esses materiais também contraem o tecido da pele e, assim,diminuem levemente a quantidade de suor. O limão também teria efeito, pois atuaria como bactericida. O problema dessas receitas é sempre a duração e a proporção de cada uma dessas substâncias para que o efeito seja de fato efetivo. Nenhuma delas atua, de fato, como antitranspirante. É isso pessoal, espero ter ajudado vocês a ficarem quimicamente cremosos e cheirosos nessa semana.

Se você gostou curta, compartilhe com os amigos e dê um joinha aqui no canal (brincadeira, pronto, passou o momento bloguerinho youtuber!).

Referências:

https://www.hc.unicamp.br/node/828

MUNCHEN, S. Cosméticos: uma possibilidade de abordagem para o ensino de Química. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Santa Maria, 2012

PARENTE, Leila Maria Leal et al. Câncer de mama e cosméticos. Arte Médica Ampliada, v. 35, n. 1, 2015.

A Feira

Por Paulo Leandro

Aqui, você pode aprender com as marmotas

Reprodução internet

Há uma corrente considerável de racionalistas que desconhecem a possibilidade de o bicho deliberar.
Faltariam energia psíquica, aparelho e estrutura para o animal pensar antes de fazer.
No entanto, o que se verifica muitas vezes, é que mesmo sem chance de escolher o que fazer, o animal dá um show de bom convívio.
Um destes animais que produzem a sensação de um desenvolvimento ético incomum é a marmota, habitante das cercanias de rios europeus.
Este roedor de pelo sem brilho e olhar morto, aguenta ficar sem comer até seis meses. Exercita a paciência e domina os efeitos do organismo.
É a tal história: as aparências enganam. Nesta, os racionalistas ganham dos empiristas. O olhar morto indica um bicho limitado mas é tudo mentira.
A marmota tem a melhor visão e vê até infravermelho. Uma vista bem melhor que a nossa. 
Quando as marmotas entram na toca para hibernar, o metabolismo fica bem lento, como um sono profundo e recuperador.

Dá pra ficar de galera, agarradinhas, umas 15 marmotas dentro de tocas que elas cavam em um exercício de engenharia que dizem ser instintivo.
Quando saem da toca, no fim da hibernação, depois de dar uma boa ‘espriguiçada’, as marmotas começam a fazer revezamento de sentinela para todo mundo poder voltar em paz para a realidade, sempre muito difícil, pois envolve, além das belezas, os perigos.

Se tiver algo errado, o sentinela da hora emite um sinal sonoro tipo um assovio e a galera vai cada um para um lado se salvando do perigo.
Outro aspecto que particularmente me une às marmotas, que eu nunca conheci, a não ser de livro, é o gosto por cachoeiras.
Gosto de estar perto de cachoeiras. Algo muito positivo entre as marmotas é a dieta: come capim,não ataca ninguém, exceto as touceiras de planta verde.
No fim do mundo, Noé voltará com o Senhor e vai honrar as marmotas pois não terão sido, definitivamente, a causa do apocalipse.
A marmota é um tipo inofensivo como acredito que poderíamos ser, cada um de nós, e seria mais fácil conviver assim do que nos predando uns aos outros. 
A águia, a raposa e o homem gostam de capturar marmotas, mas nem sempre conseguem  porque ela sabe se movimentar rápido e bloqueia a toca assim que nela penetra.
Caseira, ou toqueira, a marmota não curte afastar-se muito de seu lar e assim, esse bicho manso, vai levando a vida.
Podemos até achar que a marmota é um bicho como outro qualquer, não pensa antes de fazer as coisas, mas não me convence esta teoria.
Isso, pra mim, é  mais uma produção de ideias da nossa mente para justificar a destruição do planeta e a matança dos animais por pura maldade

.
Um abraço pras marmotas da Europa e parabéns pelo comportamento, que poderia ser uma referência para as pessoas.

A Feira

Por Paulo Leandro

Aqui, você pode aprender com as marmotas

Reprodução internet

Há uma corrente considerável de racionalistas que desconhecem a possibilidade de o bicho deliberar.
Faltariam energia psíquica, aparelho e estrutura para o animal pensar antes de fazer.
No entanto, o que se verifica muitas vezes, é que mesmo sem chance de escolher o que fazer, o animal dá um show de bom convívio.
Um destes animais que produzem a sensação de um desenvolvimento ético incomum é a marmota, habitante das cercanias de rios europeus.
Este roedor de pelo sem brilho e olhar morto, aguenta ficar sem comer até seis meses. Exercita a paciência e domina os efeitos do organismo.
É a tal história: as aparências enganam. Nesta, os racionalistas ganham dos empiristas. O olhar morto indica um bicho limitado mas é tudo mentira.
A marmota tem a melhor visão e vê até infravermelho. Uma vista bem melhor que a nossa. 
Quando as marmotas entram na toca para hibernar, o metabolismo fica bem lento, como um sono profundo e recuperador.

Dá pra ficar de galera, agarradinhas, umas 15 marmotas dentro de tocas que elas cavam em um exercício de engenharia que dizem ser instintivo.
Quando saem da toca, no fim da hibernação, depois de dar uma boa ‘espriguiçada’, as marmotas começam a fazer revezamento de sentinela para todo mundo poder voltar em paz para a realidade, sempre muito difícil, pois envolve, além das belezas, os perigos.

Se tiver algo errado, o sentinela da hora emite um sinal sonoro tipo um assovio e a galera vai cada um para um lado se salvando do perigo.
Outro aspecto que particularmente me une às marmotas, que eu nunca conheci, a não ser de livro, é o gosto por cachoeiras.
Gosto de estar perto de cachoeiras. Algo muito positivo entre as marmotas é a dieta: come capim,não ataca ninguém, exceto as touceiras de planta verde.
No fim do mundo, Noé voltará com o Senhor e vai honrar as marmotas pois não terão sido, definitivamente, a causa do apocalipse.
A marmota é um tipo inofensivo como acredito que poderíamos ser, cada um de nós, e seria mais fácil conviver assim do que nos predando uns aos outros. 
A águia, a raposa e o homem gostam de capturar marmotas, mas nem sempre conseguem  porque ela sabe se movimentar rápido e bloqueia a toca assim que nela penetra.
Caseira, ou toqueira, a marmota não curte afastar-se muito de seu lar e assim, esse bicho manso, vai levando a vida.
Podemos até achar que a marmota é um bicho como outro qualquer, não pensa antes de fazer as coisas, mas não me convence esta teoria.
Isso, pra mim, é  mais uma produção de ideias da nossa mente para justificar a destruição do planeta e a matança dos animais por pura maldade

.
Um abraço pras marmotas da Europa e parabéns pelo comportamento, que poderia ser uma referência para as pessoas.