Luto na Bahia. Morre Jorge Portugal

Ex- secretário de cultura sofreu complicações cardíacas

Foto – Reprodução (Internet)

Da Redação- MMQI

A Bahia anoiteceu mais triste nesta (03). Morre o professor,escritor,
compositor e apresentador Jorge Portugal. Atendido por uma equipe do SAMU (Serviço
Móvel de Urgência), ele deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Geral
Roberto Santos apresentando um quadro de falência cardíaca aguda com sinais de
insuficiência respiratória.


Ex-secretário de cultura na primeira gestão do atual senador Jaques Wagner (PT), Jorge
Portugal nasceu em Santo Amaro, no Recôncavo, e completaria 64 anos no dia 05
(quarta-feira). Formado em Letras pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Jorge
marcou teve sua carreira voltada como educador em cursinhos pré-vestibulares, se
consolidando como apresentador do programa “Aprovado” na TV Bahia.

Em nota, o governador Rui Costa lamentou o falecimento e decretou luto oficial no estado
nesta terça-feira (04).
Fonte – Correio da Bahia

Luto na História. A Bahia perde Luís Henrique Dias Tavares

Ele tinha 94 anos e deixou um grande legado para a história do nosso estado

Foto- Divulgação

Da Redação MMQI

A intelectualidade baiana sofre mais uma perda com o falecimento do historiador Luís Henrique Dias Tavares nesta segunda-feira (22). Formado em História e Geografia, ele era professor emérito da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e doutor honoris causa da universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Nascido em Nazaré, Recôncavo Baiano. Luís Henrique tinha 94 anos e ocupava cadeira número 1 da Academia de Letras da Bahia, onde era membro desde 1968. Ele contribuiu bastante para ampliar o conhecimento sobre a história da Bahia com suas obras. Seu livro “História da Bahia” reúne um grande arcabouço de informações sobre a formação do povo baiano.

Por conta de sua grande contribuição, o professor se tornou sócio da Academia Portuguesa de História e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia. Além de escrever obras sobre a história de nosso estado, Luís Henrique também é autor de livros de contos e poesias.

O MMQI presta uma grande homenagem a este baiano ilustre

Fonte – Bahia.ba e Metro 1

Luto na Tevê Brasileira. Morre Gugu Liberato

Apresentador estava internado nos Estados Unidos

Imagem- Juliana Barbosa

Por Gustavo Medeiros

Com informações da assessoria, morre ,aos 60 anos de idade, o apresentador Gugu Liberato. Ele estava internado desde a última quarta-feira (20) em um hospital da Flórida em decorrência de um acidente doméstico, quando caiu de uma altura de quatro metros e bateu a cabeça. A morte encefálica foi confirmada pelo neurocirurgião Guilherme Lepski.

O apresentador deixa a mulher Rose di Matteo e os filhos João Augusto (18) e as gêmeas Marina e Sofia (15). Em nota, a família relatou sobre o desejo do apresentador em doar os órgãos.

Confira, na integra, a nota da família:

Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos.

Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro.

Ele sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local.

Na admissão deu entrada em escala de *Glasgow de 3 e os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral. A morte encefálica foi confirmada pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Ainda não temos detalhes sobre o traslado para o Brasil. Informações sobre velório e sepultamento serão passadas assim que tudo estiver definido.

Ele deixa três filhos, João Augusto de 18 anos e as gêmeas Marina e Sophia de 15 anos.

Atendendo a uma vontade dele, a família autorizou a doação de todos os órgãos.

Gugu sempre refletiu sobre os verdadeiros valores da vida e o quão frágil ela se revela. Sua partida nos deixa sem chão, mas reforça nossa certeza de que ele viveu plenamente. Fica a saudade, ficam as lembranças – que são muitas – e a certeza que Deus recebe agora um filho querido, e o céu ganha uma estrela que emana luz e paz.

Familiares e funcionários

São Paulo, 22 de novembro de 2019″.

Luto na TV. O Brasil se despede de Jorge Fernando

Ator e diretor de 64 anos sofreu um aneurisma causado pelo rompimento da artéria aorta

Foto- Instagram (Reprodução)

Por Gustavo Medeiros

No último domingo (27), o Brasil se despediu de Jorge Fernando. O ator e diretor de novelas, entre outras grandes produções, tinha 64 anos e sofreu um aneurisma, decorrente do rompimento da artéria aorta. Ele estava internado no Hospital CopaStar.

O enterro está marcado para esta terça-feira (29), no Cemitério do Caju. Neste momento, o corpo, que será cremado, está sendo velado em cerimônia aberta ao público.

Desde 2017 Jorge Fernando enfrentava complicações pelas sequelas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).No inicio deste ano, o diretor retornou na novela “Verão 90”, após ficar dois anos afastado da TV para iniciar tratamento.

Nas redes sociais, atores e outras personalidades prestaram as últimas homenagens a este que foi, sem duvida, um dos grandes diretores da televisão brasileira.

A alegria e a diversão era uma constante na carreira de Jorge Fernando, que estreou como ator em 1978 na serie “Ciranda Cirandinha” na Rede Globo. Três anos depois, Jorginho, como era conhecido entre os artistas, dirigia sua primeira novela, ” Jogo da Vida”. Entre as grandes produções, ele dirigiu as novelas “Guerra dos Sexos”, “Que Rei Sou Eu?”,”Vamp” e “Ti Ti Ti”.

No cinema, dirigiu os filmes “Sexo,Amor e Traição”, “Xuxa Gêmeas” e “A Guerra dos Rocha”.

Fonte- G1 e O Globo

Humor brasileiro acorda em luto. Morre Lúcio Mauro aos 92 anos

Ator estava internado há quatro meses com problemas respiratórios. Corpo será velado no Theatro Municpal nesta segunda (13)

Foto – Renato Rocha Miranda/Veja

Por Gustavo Medeiros

O humor brasileiro acaba de se despedir de um dos seus grandes talentos. Morreu, na noite do último sábado (11), aos 92 anos, o ator Lúcio Mauro. Ele estava internado, por conta de problemas respiratórios, há dois meses na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro. O corpo será velado nesta segunda-feira (13) no Theatro Municipal e a cerimonia será aberta ao público.

Paraense, natural de Belem, Lúcio de Barros Barbalho foi um dos pioneiros da televisão brasileira e participou da criação, redação e direção de diversos programas de humor, verdadeiros sucessos de audiência. Começou sua vida artística no teatro estudantil, mas foi na televisão que o humorista se destacou em atrações como Balança,mas não cai, Chico City, A Escolinha do Professor Raimundo e Chico City entre outros. Seu último trabalho foi no humorístico Zorra Total.

A carreira televisiva foi quase toda dedicada às produções de comédia da Rede Globo desde 1966, quando estreou com o programa TV0-TV1 ao lado de Jô Soares, Agildo Ribeiro e Paulo Silvino.Além disso, ele passou pela Tv Tupi e Tv Rio.

Foto- Acervo/Rede Globo

O ator se consagrou com diversos personagens, muitos deles criados em parceria com Chico Anysio como “Aldemar Vigário” (Escolinha do Professor Raimundo) e “Da Julia” (Chico City/Chico Anysio Show/ Zorra Total). Outro personagem de destaque foi “Fernandinho” que rendeu parcerias importantes com as atrizes Sonia Mamede (1936-1990) e Claudia Rodrigues.

O trabalho de Lúcio Mauro não ficou restrito apenas ao humor na televisão. No cinema, o humorista participou de algumas produções como “Terra Sem Deus”, “O Redentor”, “Muita Calma Nessa Hora” entre outras. No teatro, Lúcio contracenou com seu filho no espetáculo Lucio 80-30 em 2008, dividindo o palco com outros dois filhos, Luly Barbalho e Alexandre Barbalho

.Ele também fez algumas participações em novelas como Pecado Capital (remake da 1ª versão), Paraíso Tropical e A Favorita, além de minisséries como ” O Pagador de Promessas” e “Dona Flor e Seus Dois Maridos”.

Lucio Mauro contracena com Emanuelle Araújo na novela “A Favorita”. Foto- Acervo/Rede Globo

Depoimentos

Em uma postagem nas redes sociais, o também ator Lúcio Mauro Filho fez uma homenagem emocionada ao anunciar o falecimento do pai, por volta das 22h.

View this post on Instagram

Por volta das 22 horas deste sábado, meu amado pai serenou. Ele merecia esse descanso. Lucio Mauro teve uma vida linda, uma carreira vitoriosa, 5 filhos, 5 netos, dois casamentos, com Arlete e Lu, duas mulheres fantásticas que se tornaram amigas e mantiveram essa família unida. Papai foi um pioneiro, saiu do teatro de estudante lá no Pará, foi pro Recife, fez rádio, inaugurou a televisão no Nordeste e de lá, veio para o Rio de Janeiro pra se tornar um dos maiores artistas deste país. Me influenciou em tudo. O homem que sou, o artista, o pai de família, o amigo. Eu nada seria sem seus ensinamentos. Tivemos o prazer de trabalhar juntos, na TV, no Teatro, no Cinema e na Publicidade. Rodamos o Brasil colocando nossas vidas a serviço da arte, em “Lucio 80-30”, quando ele teve a chance de dividir o palco com os filhos. Não faltou nada. Há três anos ele sofreu um AVC. Foi forte e resistiu. Mas já não era a mesma coisa. Preso a uma HomeCare, ele lutou até suas últimas forças. Ainda teve a alegria de conhecer Liz, a neta inesperada que chegou pra promover o ciclo da vida. Estava internado há quase quatro meses. A esticada foi longa e sofrida. Agora só restava o descanso que ele tanto merece. Meus agradecimentos á todos os funcionários da Clínica São Vicente, onde papai sempre foi cuidado com carinho e profissionalismo. Á Rede Globo pela parceria e lealdade. Nós ficamos por aqui, celebrando sua existência e seguindo com seu legado. Vai com Deus meu velho. Vai se juntar a Chico, Agildo, Silvino, Rogerio, Miele e tantos outros, para juntos fazerem cócegas nas estrelas. Obrigado por tudo! Viva Lucio Mauro! ✨ #VivaLucioMauro

A post shared by Lucio Mauro Filho (@luciomaurofilhooficial) on

Os humoristas Bruno Mazzeo, Fabio Porchat e Tom Cavalcante também utilizaram as redes sociais para prestar a sua homenagem

View this post on Instagram

Maria veio gritando lá da sala Pai, Pai Lucio Mauro morreu Lucinho deve estar muito triste! Silêncio e meu pensamento viaja no tempo para recordar minha chegada ao Rio e descobrir que na terra do Cristo de braços abertos sob a Guanabara um ser humano lindo chamado Lucio Mauro estava de braços abertos para me acolher e desfrutarmos a partir dali de uma grande amizade que me valeu uma faculdade. Que grande cara você é meu amigo e o melhor as memorias de nossa convivência permanecem intactas. Vê-lo atuar ali ao vivo na Escolinha ao lado do Chico era um sonho. O embate de dois gigantes onde você na arte do improviso judiava da gente fazendo elenco, câmeras, produção curvarem-se de rir com sua atuação e no final pra nocautear-nos você puxava o sabre do “Quem quem?” e nós hipnotizados respondíamos ao seu comando Raimundo Nonato. Você sai de cena no dia das mães e imediatamente sem vacilar na minha fé eu tenho certeza que a mãe de Nazaré ja o tem em seu colo . Saudades meu grande amigo, meu beijo a Lu, Lucinho e família. Dizer obrigado é formal demais pra te agradecer por tudo então vou falar TE AMO hoje e sempre e você que já vive em meu pensamento estará comigo em cada esquina do Leblon, no palco da Assembleia e nas grandes risadas que dividimos de tremer o lábio que nem Jambú. Renova teu espírito e refeito manda luz aí do alto ou aqui do lado para os teus. PS: Sabia que existiu um gigante da arte do Humor , da Dramartugia, da Poesia e bom de Boemia que por onde passava espalhava vida? QUEM QUEM? LÚCIO MAURO.❤️🤝👏👏👏👏👏😢#rip

A post shared by Tom Cavalcante (@tomcavalcante) on

Fonte- Veja e G1